Descasque de acácias, espécie invasora, no Cabeço Santo (Águeda). Foto: João Ruano Rodrigues/Montis

Nuno, o técnico electromecânico que planta bosques de carvalhos no Caramulo

Naturalistas locais

Nuno Neves, 41 anos, é técnico electromecânico de aerogeradores e vive em Vouzela. Neste momento está a recuperar uma floresta de carvalhos e outras folhosas na serra do Caramulo.

 

 

O que o Nuno faz pela floresta?

Nuno é voluntário da Montis – Associação de Conservação da Natureza na recuperação de uma mancha florestal autóctone de carvalho e outras folhosas na serra do Caramulo (concelho de Vouzela), em pleno coração do Parque Natural de gestão local Vouga-Caramulo.

“Acredito que sou apenas um grão de areia nesta tentativa de inverter a tendência de destruição massiva da floresta em Portugal e por muito pouco que seja o esforço, se todos nós pensarmos em fazer algo de útil pela floresta, os muitos “grãos de areia” em conjunto poderão fazer toda a diferença”, disse à Wilder.

Este lisboeta de nascença foi criado na margem sul, região que tinha, nos anos 70 e 80, “uma macha verde considerável. Mas à medida que fui crescendo, essa mancha verde foi rapidamente substituída por alcatrão e por prédios”. Essa expansão demográfica, aliada ao stress diário de uma profissão altamente desgastante, fê-lo procurar na pacata vila de Vouzela a tranquilidade necessária. Hoje tem com a sua família “uma vida mais próxima da natureza”.

 

Por que razão o faz?

 

“O que me move é valorizar e respeitar algo que realmente precisa de nós em troca de nada.”

Este voluntário pensa nos “filhos e nas gerações vindouras que, certamente, precisarão de saber a influência e o peso que a natureza tem sobre as nossas vidas e sobretudo respeitar algo que nos foi milagrosamente emprestado para usufruir e desfrutar durante a nossa viagem por cá.”

“Tudo aquilo que faço em beneficio da floresta é também uma forma de me ajudar a mim e ao meu semelhante. Será sempre terapêutico esta minha abordagem ao trabalho voluntário.”

 

 

Série Wilder Cuidadores de Florestas

Nesta época crítica para as florestas, marcada por incêndios, não vamos falar de área ardida nem tentar explicar as causas desta calamidade. Queremos antes mostrar os portugueses que estão a cuidar das florestas ao longo de todo o ano. Nesta série falámos com os responsáveis por alguns dos melhores projectos de prevenção de fogos e de enriquecimento de florestas e ouvimos as histórias de cidadãos que arregaçam as mangas pelas árvores. Estes são os Cuidadores de Florestas.