Foto: Joana Bourgard

17 oportunidades para descobrir a Natureza em Agosto

Ciência Viva no Verão

Durante o mês de Agosto ainda há muitas oportunidades para ir conhecer a natureza de Portugal, um pouco por todo o país, guiado por especialistas. A Wilder foi espreitar as acções do Ciência Viva no Verão que ainda têm vagas e dá-lhe a conhecer algumas das mais interessantes. Mas é melhor apressar-se, porque, para quase todas, é obrigatório inscrever-se.

 

NORTE

Lar Doce Lar II

No Parque Nacional da Peneda-Gerês, um percurso pedestre com a duração prevista de 8 horas dá a conhecer a vegetação característica, incluindo os bosques de carvalhos e a paisagem rural envolvente. Tudo com várias perspectivas, nomeadamente paleobotânica, arqueológica, etnobotânica e etnográfica.

Data: 3 de Agosto (segunda-feira), com início às 10h00.
Ponto de encontro: Santuário da Senhora da Peneda (Parque de Estacionamento)
Idade mínima: 15 anos
Duração prevista: 8h
Organização: Planetário do Porto-Centro de Ciência Viva, em parceria com CIBIO-InBIO.
Nota: Dificuldade do trilho reduzida mas bastante declive nos primeiros 500 metros (à sombra). Aconselha-se roupas e material adequado a caminhadas.
Saber mais

 

As flores e os animais da floresta em Vila Franca da Serra

Num passeio a pé pela floresta, observam-se e identificam-se plantas e animais. No final constroem-se elementos da natureza, com recurso ao origami. Estão previstas mais duas datas para esta acção, também em Agosto.

Data: 14 de Agosto (sexta-feira), com início às 10h00.
Ponto de encontro: Museu de Lagar Mário Gomes Figueira
Idade mínima: 6 anos
Organização: Centro de Ciência Viva de Bragança em parceria com Associação Cultural Mário Gomes Figueira.
Nota: Necessária protecção solar
Saber mais

 

Pelos trilhos do Rabagão

Este percurso pedestre visita a área do Alto Rabagão, principalmente a aldeia Morgade, onde se destacam a Albufeira do Alto Rabagão e a serra de S. Domingos. Vai estar em destaque a observação dos matos e da floresta, mas também das aves que se deslocam até perto da albufeira.

Data: 8 de Agosto (sábado), com início às 14h00.
Ponto de encontro: Em frente ao campo de futebol de Criande-Morgade (Montalegre, Vila Real).
Idade mínima: 7 anos
Duração prevista: 2h
Organização: Centro de Ciência Viva de Bragança em parceria com Ecomuseu do Barroso
Nota: Necessários calçado e vestuário adequados a caminhadas.
Saber mais

 

Borboletas, libélulas e libelinhas no Geopark Terras de Cavaleiros

Um passeio para descobrir a biodiversidade do Geopark Terras de Cavaleiros, com destaque para borboletas, libélulas e libelinhas. Na Estação de Biodiversidade de Santa Combinha, ocorrem 43 espécies das 135 conhecidas em Portugal.

Data: 22 de Agosto (sábado), com início às 9h00.
Ponto de encontro: Centro de informação do Geopark Terras de Cavaleiros, junto ao Agrupamento de Escolas de Macedo de Cavaleiros (distrito de Bragança). No r/c do centro cultural.
Idade mínima: 7 anos
Duração prevista: 4h
Organização: Centro de Ciência Viva de Bragança em parceria com Associação Geoparque Terras de Cavaleiros.
Nota: O transporte durante a acção faz-se em autocarro.
Saber mais

 

Quem canta? Aprender a conhecer o canto das aves

De ouvidos bem atentos, o objectivo é aprender a reconhecer quais são as espécies de aves responsáveis por determinados sons.

Data: 21 de Agosto (sexta-feira), às 8h30
Ponto de encontro: Parque de Estacionamento do Aeroclube de Espinho.
Idade mínima: 6 anos
Duração prevista: 5h
Organização: Planetário do Porto – Centro de Ciência Viva em parceria com CIBIO-InBIO
Nota: Recomendam-se binóculos e material adequado a caminhadas.
Saber mais

 

O espectáculo da migração das aves

Todos os anos, milhões de aves passam por Portugal a caminho de África, onde irão passar o Inverno. Venha descobrir um dos mais fascinantes espectáculos do mundo natural e aprender a identificar as principais aves migradoras. Esta acção repete-se no dia seguinte, à mesma hora.

Data: 26 de Agosto, às 8h30
Ponto de Encontro: Parque de Estacionamento do Aeroclube de Espinho.
Idade mínima: 6 anos
Duração prevista: 5h
Organização: Planetário do Porto – Centro de Ciência Viva em parceria com CIBIO-InBIO
Nota: Recomendam-se binóculos e material adequado a caminhadas.
Saber mais

 

Morcegos: conhecer para preservar!

Esta iniciativa tem por objectivo alertar para a importância da conservação dos morcegos e desmistificar preconceitos e superstições sobre eles. Neste contexto, a iniciativa conta com diversas actividades programadas destinadas ao público em geral (infantil, juvenil e adultos).

Data: 22 de Agosto (sexta-feira), às 20h30
Ponto de encontro: Rua Senhor da Piedade (Zona Polis), Bragança.
Idade mínima: 6 anos
Duração: 2h30
Organização: Centro de Ciência Viva de Bragança
Nota:Trazer casaco (as noites são frias) e calçado confortável. Na observação nocturna, trazer lanterna também é uma mais-valia.
Saber mais

 

A Praia de Vila Chã (com) Vida

Uma visita à zona entre as marés para aprender a identificar os seres vivos que ali habitam, observando as poças de maré. Sensibilizam-se também os participantes para a fragilidade destas formas de vida.

Data: 31 de Agosto (segunda-feira), às 10h00
Ponto de encontro: Praia Nova em Vila Chã, Vila do Conde
Idade mínima: 6 anos
Duração: 2h00
Organização: Centro de Ciência Viva de Vila do Conde
Saber mais

 

CENTRO

Há vida no rio

Visita à Ribeira da Vagem, um afluente do rio Sul, para conhecer as características principais dos sistemas ribeirinhos desta região, em particular a estrutura das margens e a composição da flora e fauna. A acção repete-se no dia seguinte, à mesma hora.

Data: 15 de Agosto (sábado), às 10h00
Ponto de encontro: Porta da Igreja de Aveloso do Sul, junto a cemitério (concelho de São Pedro do Sul, distrito de Viveu).
Duração: 2h30
Organização: Centro de Ciência Viva de Aveiro – A Fábrica em parceria com a associação Fragas Aveloso
Nota: Recomenda-se comparência no local 10 minutos antes da hora indicada. Pode-se levar farnel para almoço ou marcar previamente uma refeição, fornecida pela associação Fragas Veloso. Necessário material e vestuário para caminhadas.
Saber mais

 

Descobrir a biodiversidade da Ribeira da Foz ao anoitecer

Quais são as espécies que se podem encontrar num bosque ripícola ao anoitecer, adaptadas a estes meios húmidos? O passeio faz-se a pé e é circular, com cerca de 6,5 km, entre o Parque Ambiental e a Ribeira da Foz.

Data: 29 de Agosto (sábado), às 19h00
Ponto de encontro: Parque Ambiental de Santa Margarida
Duração: 3h30
Idade mínima: 10 anos
Organização: Centro de Ciência Viva de Constância em parceria com o Parque Ambiental de Santa Margarida
Saber mais

 

A SUL

Mobiliário urbano para aves e insectos

Comedouros, bebedouros e abrigos para aves e hotéis para insectos são alguns dos dos projectos que todos podem aprender a construir nesta acção, para darem uma mão à natureza dentro das cidades.

Data: 2 de Agosto (domingo), com início às 15h30. Há mais 1 data disponível, no dia 30 de Agosto.
Ponto de encontro: No Q-Espaço de Fruição Cultural, nas instalações do antigo magistério primário, em Faro.
Idade mínima: 5 anos
Duração prevista: 1h30
Organização: Centro de Ciência Viva do Algarve, com apoio da Câmara Municipal de Faro.
Saber mais

 

Os nossos cágados

Uma actividade que dá a conhecer as espécies de cágados em Portugal e alerta para as espécies invasoras. No final, vão construir-se estes animais com recurso a materiais reciclados, como caixas de ovos.

Data: 5 de Agosto (quarta-feira), com início às 15h15.
Ponto de encontro: Mercado da Ribeira, junto à entrada do lado do Jardim do Coreto, em Tavira.
Duração prevista: 1h
Organização: Centro de Ciência Viva de Tavira, em parceria com RIAS-Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens.
Saber mais

 

Percurso da Terra ao Mar

O percurso pedestre dá a conhecer as salinas, a biodiversidade ali existente (incluindo as aves) e o sapal da Ria Formosa. Fala-se também sobre o património cultural, histórico e natural em torno desta cidade algarvia. O passeio termina no Forte do Rato e Arraial Ferreira Neto, uma antiga estrutura de apoio à pesca do atum. Vai ocorrer ainda noutra data, em Setembro.

Data: 19 de Agosto (quarta-feira), com início às 9h15.
Ponto de encontro: Estacionamento em terra batida junto à rotunda do Centro Comercial Tavira Gran-Plaza, junto a Tavira.
Idade mínima: 8 anos
Duração prevista: 2h30
Organização: Centro de Ciência Viva de Tavira
Nota: Aconselham roupa e calçado confortáveis, chapéu, água e protector solar.
Saber mais

 

À descoberta dos fundos marinhos da Ria Formosa por snorkling

As inscrições realizam-se no local do encontro. Os participantes podem observar as pradarias marinhas e algumas espécies da Ria Formosa, por snorkeling. Existem ainda mais 8 acções, algumas no mesmo dia mas a horas diferentes, tudo em Agosto.

Data: 20 de Agosto (quinta-feira), com início às 14h00.
Ponto de Encontro: Centro Náutico da Praia de Faro
Idade mínima: 18 anos
Duração prevista: 0h30
Organização: Centro de Ciência Viva do Algarve
Saber mais

 

Na ribeira do Vascão: Saramugo sim, exóticas não!

A ribeira do Vascão é a ribeira por excelência das espécies piscícolas endémicas da bacia do Guadiana, como o saramugo. Nesta acção vamos ficar a conhecer melhor esse peixe autóctone de água doce e aprender também a identificar e como “remover” as espécies invasoras.

Data: 21 de Agosto (sábado), às 9h30
Ponto de encontro: Vila de Mértola (distrito de Beja), junto à sede do Parque Natural do Vale Guadiana, pelas 9h
Duração: 4h
Idade mínima: 12 anos
Organização: Centro de Ciência Viva do Lousal em parceria com a Liga para a Protecção da Natureza
Saber mais

 

Uma pradaria no estuário

Na baía a norte da Península de Tróia há uma pradaria de ervas marinhas, que ajuda enriquecer as areias da praia e protege espécies como os chocos e pequenos crustáceos ou peixes e bivalves. Esta é uma oportunidade para conhecer melhor esta zona.

Data: 31 de Agosto (segunda-feira), às 9h45
Ponto de encontro: Início do passadiço de acesso à praia Tróia Mar, no parque de estacionamento ao fundo da Alameda do Zambujeiro. É necessário apanhar o catamarã das 9h05. Em Tróia, o trajecto a pé até ao local de encontro demora menos de 10 min.
Duração: 2h
Organização: Centro de Ciência Viva do Lousal em parceria com MARE-Centro de Ciências do Mar e do Ambiente
Saber mais

 

AÇORES

Conheça o Ilhéu de Vila Franca

Visita guiada ao Ilhéu de Vila Franca do Campo com explicação da sua importância para as aves marinhas que ali nidificam, como é o caso do cagarro, entre outras.

Data: 12 de Agosto (quarta-feira), às 9h00
Ponto de encontro: Marina de Vila Franca, junto ao ponto de venda dos bilhetes de barco para o ilhéu.
Duração: 4h
Organização: Expolab – Centro de Ciência Viva em parceria com a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves
Nota: Durante a acção, os participantes devem adquirir bilhetes para o transporte de barco.
Saber mais