Cinco ideias para Junho

A não perder

Um pouco por todo o país há actividades para se divertir na natureza. Aqui ficam cinco que escolhemos para aproveitar em Junho.

 

5-7 de Junho:

Portugal Walking Festival ALENTEJO FEEL NATURE 2015

Tem três percursos pedestres à escolha para descobrir as paisagens e a natureza do Alto Alentejo, entre as planícies e estepes a Sul e as zonas montanhosas da Beira Baixa a Norte. Nesta edição do Portugal Walking Festival, este ano dedicado ao Alentejo, os percursos passam por Nisa, Amieira do Tejo, Gavião e Belver, perto do rio Tejo.

 

10 de Junho:

Bioblitz Monsanto 2015

Identifique e conte o máximo de espécies que conseguir de aves, répteis, anfíbios, flora, insetos, líquenes, musgos, mamíferos e borboletas noturnas de Monsanto. Várias equipas de biólogos estarão no terreno para o ajudar nesta iniciativa de ciência cidadã, organizada pela “Noite Europeia dos Investigadores”. No final do dia serão divulgados os resultados da contagem.

 

 

13 de Junho:

Anilhagem de crias de peneireiros-das-torres

Assista a uma sessão de anilhagem de crias de Peneireiro-das-torres (Falco naumanni), no Centro de Educação Ambiental de Vale Gonçalinho, da Liga para a Protecção da Natureza (LPN), em Castro Verde.

O Peneireiro-das-torres é uma ave migradora que voa incansável de África todos os anos para se reproduzir nas planícies de Castro Verde. Nesta atividade poderá ver de perto estes falcões, numa sessão de anilhagem que nos permitirá reconhecer estas aves quando regressarem novamente ano após ano.

 

 

Junho:

Noites dos pirilampos

Visite o Parque Biológico de Gaia à noite e parta à procura dos pirilampos e de outros animais nocturnos. A observação da vida selvagem nocturna vai acontecer nas noites de 5 e 6, 8 a 13, 15 a 20, 22 e 25 a 27 de Junho, a partir das 22h00. As inscrições são obrigatórias.

 

 

12-14 de Junho:

Reserva da Faia Brava de portas abertas

Na celebração do seu 15º aniversário, a Associação Transumância e Natureza abre as portas da Reserva da Faia Brava, em Figueira da Castelo Rodrigo. Descubra a fauna e flora silvestre do Vale do Côa e assista à observação de alimentação de abutres, a uma sessão de anilhagem de aves e a vários workshops, desde a monitorização de aves rupícolas, à identificação de pegadas e vestígios de carnívoros, entre outras.

 

Para mais ideias do que pode fazer este mês, explore a nossa Agenda.

E se tiver conhecimento de iniciativas entusiasmantes para descobrir o mundo natural envie-nos um email: geral@wilder.pt