Cinco livros de natureza para Maio

A não perder

Maio traz bons livros de escrita de natureza. A nossa lista de sugestões tem hortas nas cidades portuguesas, orquídeas, dicas naturalistas, as flores do campo de Henry D. Thoreau e o regresso de John Lewis-Stempel, autor e agricultor que venceu o prémio Thwaites Wainwright Prize 2015, com um novo livro sobre a natureza e o mundo agrícola.

 

RAÍZES – O CAMPO NA CIDADE

Por Ana Sofia Fonseca

Fundação Francisco Manuel dos Santos

Data de publicação: 18 de Maio

Preço: 3,15 euros

 

Esta é uma história do regresso à terra e do espaço que o campo tem nas grandes cidades, contada pela voz da jornalista Ana Sofia Fonseca e publicada na série de livros da Fundação Francisco Manuel dos Santos. São muitas as pessoas que, vivendo rodeadas de betão e edifícios, insistem em manter a terra viva, plantando e colhendo. E são muitas as razões pelas quais o fazem, seja à beira da estrada, seja em varandas. A autora ouviu quem precise do que a terra dá para matar a fome e iludir a crise, quem plante para entreter a reforma, quem cultive na varanda para esquecer o cansaço da rotina. Por que continuamos a manter hortas nas cidades? Qual a sua importância? Neste livro, conheça as histórias que lhe darão pistas de respostas para este regresso à terra, às raízes.

 

ORCHIDÉES D’EUROPE, FLEUR ET POLLINISATION

Por Jean Claessens e Jacques Kleynen

Biotope

Data de publicação: Maio

Preço: 65 euros

 

Claessens e Kleynen são fotógrafos de natureza especializados em macrofotografia. Depois de se terem familiarizado com as orquídeas, interessaram-se pela sua estrutura e pela função da sua flor e começaram a estudar a morfologia destas plantas. Desde então têm publicado inúmeros trabalhos. Neste grande livro estão mais de mil fotografias, resultado de vários anos de estudo e de viagens para observar orquídeas por toda a Europa, registando com fotografias os mais minúsculos pormenores. Além das imagens, a obra tem informações detalhadas sobre todos os aspectos da flor das orquídeas, desde os seus polinizadores à frutificação. Os autores revelam, assim, aspectos fascinantes e ainda mal conhecidos das orquídeas europeias. O objectivo é intrigar o leitor e fazê-lo apaixonar-se tanto quanto eles.

 

 THE RUNNING HARE: THE SECRET LIFE OF FARMLAND

Por John Lewis-Stempel

Doubleday

Data de publicação: 4 de Maio

Preço: 14,99 libras

 

As intrincadas relações entre animais selvagens e o mundo rural são o tema de eleição de John Lewis-Stempel, agricultor e escritor britânico vencedor do prémio Thwaites Wainwright Prize 2015. Depois do galardoado Meadowland, chega agora Running Hare. Stempel conta como, em Inglaterra, os métodos tradicionais de trabalhar a terra estão a desaparecer e com eles várias espécies de aves e insectos. E a lebre está a tentar sobreviver. Esta é a história dos animais selvagens e das plantas que vivem nas zonas agrícolas, desde os laboriosos micróbios aos peneireiros que patrulham os campos de cereal, passando pelo pintarroxo a debicar sementes às joaninhas que se alimentam dos afídios. O autor regista as mudanças do mundo rural tradicional, único e frágil, e conta como ele próprio recuperou um campo agrícola e lhe restaurou a fertilidade, a vida selvagem, trazendo de volta as antigas flores do campo e os animais que ali viviam. Sobretudo Stempel mostra que ainda é possível criar um lugar onde a lebre pode viver sem sobressaltos.

 

THE POCKET NATURALIST

Por Felicity Hart

Summersdale Publishers

Data de publicação: 12 de Maio

Preço: 9,99 libras

 

“Em cada caminhada que damos na natureza recebemos muito mais do que aquilo que procuramos”, escreveu John Muir. A autora Felicity Hart ajuda-nos a compreender isso mesmo com este livro. Recheado de factos interessantes e dicas sobre o mundo natural, desde a observação de aves à identificação de flores e animais, The Pocket Naturalist é uma enciclopédia em ponto pequeno que ajuda a aprofundar o fascínio pela natureza. Para ser mais fácil consultá-lo, está organizado por Primavera, Verão, Outono e Inverno.

 

THOREAU’S WILDFLOWERS

Por Henry D. Thoreau, editado por Geoff Wisner e ilustrado por Barry Moser

Yale University Press

Data de publicação: 3 de Maio

Preço: 18,99 libras

 

As árvores e as plantas da região de Concord (Massachusetts, EUA) inspiraram Henry David Thoreau (1817-1862) a escrever vários dos seus textos de escrita naturalista mais belos. Este naturalista, sempre em caminhadas com o seu caderno no bolso, registou e descreveu inúmeras espécies, desde lírios a azáleas e à folhagem outonal dos carvalhos-americanos. Esta é uma selecção dos melhores escritos botânicos de Thoreau, organizados por dia do ano e acompanhados pelas suas observações sobre o tempo e outras plantas e animais. Espalhados pelas páginas do livro estão mais de 200 ilustrações a preto e branco originalmente criadas por Barry Moser para o seu primeiro livro, Flowering Plants of Massachusetts.