Escola Superior Agrária de Beja, onde os visitantes vão construir um herbário. Foto: D.R.

Dez actividades a não perder na Semana da Ciência e Tecnologia

A não perder

Começa já na segunda-feira, dia 23 de Novembro. A Semana da Ciência e Tecnologia abre as portas de universidades, laboratórios, museus e escolas em todo o país, com centenas de actividades de divulgação científica gratuitas. A Wilder analisou o programa dos eventos e sugere-lhe dez iniciativas ligadas às ciências que estudam o mundo natural, que se realizam de Norte a Sul do país, e que vai gostar de acompanhar.

Atenção que as vagas são quase sempre limitadas e é necessária inscrição prévia.

 

A NORTE

 

Oficina: “A alga que queria ser flor”

Onde e quando: Centro Ciência Viva de Bragança, dia 27/11 (sexta-feira), entre as 10h00-12h00 e as 14h00-17h00

«Alga, Feto, Musgo, Pinha, Flor» – esta lengalenga do livro “A alga que queria ser flor”, do livro de Ana Filipa Tavares, vai ajudar-nos a compreender a evolução das Plantas desde os seus primórdios. Além da história, estão previstas atividades complementares de Biologia para realizar com os visitantes neste dia.

Mais informações e inscrições, aqui.

 

Dia aberto no CIIMAR (Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Porto)

Onde e quando: Sede do CIIMAR, no Porto, dia 28/11 (sábado), das 10h00 às 18h30

O CIIMAR abre as portas a crianças, jovens e famílias durante um dia inteiro, em que estão previstas conversas com cientistas, visitas ao laboratório e muitas actividades diferentes. Neste caso, não é necessária inscrição prévia. Basta aparecer.

Mais informações, aqui.

 

NO CENTRO

 

Oficina: “A Árvore e a Ribeira”

Onde e quando: Escola Superior Agrária de Coimbra, dia 23/11 (segunda-feira), das 14h30 às 16h00

Nesta oficina, vamos falar sobre o amieiro, o salgueiro, o choupo e outras espécies de árvores que são companheiras da ribeira e ainda descobrir como se multiplixa o amieiro por estacas, criando novas árvores que podem ajudar a revegetalizar margens de ribeiras degradadas. Há 20 vagas e as inscrições podem ser para myriam.boule@esac.pt ou 914939292 (Myriam Boule).

Esta atividade decorrerá na sede da ANAS – Associação Nacional dos Animadores Sociais, localizada no Campus da ESAC, na Quinta do Bispo.

 

Passeio científico: Porque migram as aves? O exemplo dos patos que invernam em Portugal

Onde e quando: Escola Superior Agrária de Coimbra, dia 26/11 (quinta-feira), das 14h30 às 17h45

Porque migram as aves? O Pato-real em Portugal é sedentário ou migrador? Quais são os locais de reprodução e as rotas migratórias? As respostas vão ser dadas numa palestra de uma hora, com início às 14h30, à qual se segue um passeio para identificação das espécies. Aconselha-se o uso de roupas discretas e binóculos e guias de aves, mas também estarão disponíveis alguns guias para empréstimo. Há 25 vagas para o passeio. Inscrições para scgamboa@esac.pt ou 917537035 (Sandra Gamboa).

 

Oficina: “Usar os sentidos na exploração do jardim e do laboratório”

Onde e quando: Escola Superior de Educação de Lisboa, dia 25/11 (quarta-feira), das 14h30 às 16h30

No jardim, vão desenvolver-se atividades de exploração sensorial e de identificação e recolha de materiais, lidando com diversas cores, texturas, formas, pesos, temperaturas, cheiros, sabores. No laboratório, o material recolhido (real ou virtual) será observado, ampliado, medido, registado, partilhado e comentado, usando todos os sentidos em conjunto. Há 20 vagas.

É necessária inscrição prévia, para susanat@eselx.ipl.pt ou 217115500 (Susana Torres)

 

Laboratório de paleontologia de portas abertas

Onde e quando: Laboratório de Paleontologia da Sociedade de História Natural (Ramalhal, Torres Vedras), dia 28/11 (sábado), das 11h00 às 13h00

Propõe-se uma visita ao Laboratório de Paleontologia da Sociedade de História Natural, onde os participantes poderão saber mais sobre como se limpam e estudam os fósseis de dinossauros e outros animais. A visita inclui uma componente prática e uma explicação sobre dinossauros de Portugal representados na Coleção Paleontológica da Sociedade de História Natural. Há 15 vagas.

É necessária inscrição prévia, que se pode fazer aqui.

 

Oficina: “Olhó peixe fresquinho”

Onde e quando: Mercado de Alvalade, Lisboa, dia 26/11 (quinta-feira), das 9h30 às 11h00

Numa visita ao Mercado de Alvalade, vamos falar sobre o peixe que se consome, quais são as melhores épocas para o seu consumo e como são capturadas, entre outros temas ligados à pesca. No final, poderá sair de cesta cheia e preparar um belo jantar de peixe fresco. Há 25 vagas. É necessária inscrição prévia, que pode ser por aqui.

 

Visita ao Laboratório Marítimo da Guia (Centro de Oceanografia)

Onde e quando: Cascais, dia 26/11 (quinta-feira), das 14h00 às 16h00

Visita ao Laboratório Marítimo da Guia (Cascais), onde pode observar e participar em algumas tarefas relacionadas com organismos marinhos. Há 15 vagas. As inscrições podem realizar-se aqui.

 

A SUL

 

Passeio científico: O mundo oculto dos cogumelos

Onde e quando: Pólo da Mitra da Universidade de Évora, dia 27/11 (sexta-feira), das 9h30 às 12h30

Todos os anos, com a chegada do Outono e das primeiras chuvas surgem súbita e misteriosamente os cogumelos silvestres, vestindo os nossos prados, florestas, parques e jardins, com uma enorme panóplia de cores e formas dando origem a um espetáculo de incontestável beleza. Contudo, o que nós observamos é apenas “a ponta do iceberg”. Se quer saber mais aventure-se neste mundo oculto dos cogumelos. Há 15 vagas.

As inscrições podem fazer-se aqui.

 

Oficina: “Execução de um herbário”

Onde e quando: Escola Superior Agrária de Beja, Laboratório 14, dia 27/11 (sexta-feira), das 9h00 às 12h00

Serão colhidas plantas no campo seguindo-se a demonstração dos métodos de secagem. Apresentam-se os vários tipos de etiquetas que são colocadas em da um dos espécimes e a informação que nelas deve constar. As inscrições devem fazer-se pelo telefone 964294081 (João Portugal).

 

Para conhecer todo o programa da Semana de Ciência e Tecnmologia, pode consultar aqui.