Drone consegue captar imagens raras de baleia-de-bryde

Natureza

Imagens de uma baleia-de-bryde adulta e de uma cria a alimentarem-se no Golfo de Hauraki, ao largo da Nova Zelândia, foram captadas por um drone da Universidade de Tecnologia de Auckland (AUT) e são consideradas raras.

 

As imagens foram captadas por alunos daquela universidade, Ticiana Fetterman e Lorenzo Fiori, durante trabalho de campo sobre Ecologia Aplicada à conservação. “As baleias-de-bryde estão Criticamente Ameaçadas na Nova Zelândia, por isso foi tão emocionante vê-las na natureza. Foi muito especial conseguirmos filmá-las a alimentar-se”, comentou Barbara Bollard Breen, a coordenadora dos dois alunos, em comunicado.

“O drone, a 40 metros das baleias, permitiu a Ticiana e Lorenzo filmar os animais sem os perturbar. Acabaram por captar imagens das baleias a alimentar-se, de plâncton, algo que não teria sido possível fazer a partir de embarcações”, acrescentou. “Nunca tinha visto nada assim”, comentou ainda.

O adulto, com cerca de 10 anos de idade, terá 12 metros de comprimento, 12 tonelada de peso. Estima-se que existam menos de 200 baleias-de-bryde na Nova Zelândia.