Foto: Gonçalo Rosa

Lontras distinguidas em concurso de fotografia

Natureza

Depois de muita espera, Gonçalo Rosa teve a sua oportunidade e conseguiu fotografar esta família de lontras, na natureza, perto de Idanha-a-Nova. Há alguns dias soube que a imagem foi seleccionada com uma menção honrosa no BioPhotoContest 2015 – concurso internacional de fotografia de natureza.

 

Este fotógrafo de 44 anos e que vive no Seixal dedica muito do seu tempo a fazer armadilhagem fotográfica. “Foi numa dessas sessões que detectei uma cria de lontra, numa pequena barragem próximo de Idanha-a-Nova”, contou à Wilder.

Nas semanas seguintes, tentou fotografar a família de lontras, usando um abrigo aquático (vulgarmente designado por hidrohide) e uma tele-objectiva.

“As lontras são animais com actividade predominantemente nocturna, mas podem estar activas também de dia. Eu procurava captá-las no início da manhã, quando sabia que podia ter uma luz excepcional”, lembrou. Ainda assim, não foi fácil. Durante 15 madrugadas sem sequer avistou os animais.

Mas na madrugada do dia 11 de Setembro de 2013 conseguiu a sua oportunidade.

 

 

“Era ainda quase noite quando entrei na barragem. Ainda não estava dentro do abrigo quando vi a família de lontras – uma fêmea com três crias – a entrarem na água. A aproximação foi bastante fácil e pude estar praticamente uma hora com aqueles animais, a uma curta distância de cerca de dez metros e em condições de luz dificilmente igualáveis. Foi uma oportunidade que sei que dificilmente se voltará a repetir.”

Gonçalo Rosa comprou a sua primeira câmara fotográfica há 25 anos. Mas só a partir de 2009 começou a fotografar mais seriamente. Aquilo que mais gosta na fotografia de natureza é “reportar os animais, e os seus comportamentos, no seu ambiente”.

 

O BioPhotoContest 2015:

Este ano esta competição teve como tema as zonas húmidas. As fotografias vencedoras foram uma paisagem à beira-mar do francês Bourguignon Pascal, um bosque de Outono numa zona húmida do austríaco Georg Popp e um urso a comer um salmão num rio, do italiano Marco Urso. Gonçalo Rosa foi um dos 56 fotógrafos seleccionados com uma menção honrosa. A cerimónia de entrega dos prémios está marcada para 25 e 26 de Setembro. Saiba mais sobre o concurso aqui.

Pode ver aqui o trabalho de Gonçalo Rosa.