Foto: Helena Geraldes

No mundo, estão em perigo 422 Áreas Importantes para as Aves

Natureza

Um relatório da Birdlife International identifica 422 Áreas Importantes para as Aves e Biodiversidade actualmente em perigo, nos mais de 100 países que foram avaliados por parceiros da organização. Em Portugal, há quatro destas zonas em risco.

 

Em causa estão as chamadas IBA (do inglês ‘Important Bird and Biodiversity Areas’), designadas pela Birdlife Internacional com base em vários critérios, entre os quais a importância desses sítios para a conservação de espécies de aves.

Desde 2012 que a Birdlife faz uma avaliação anual das IBA, identificando aquelas que estão em maior risco e que necessitam de acções urgentes. Em causa estão diversas ameaças, ligadas por exemplo à existência de explorações agrícolas, sistemas de gestão da água, incêndios, actividades de caça, construção de alojamentos, recolha ilegal de animais e plantas e ruído.

A organização ambientalista indica também que grupos locais de conservação, outras organizações não governamentais e agências dos governos já estão a tomar medidas em dois terços destas zonas em perigo.

“Sucessos recentes incluem uma decisão do Tribunal Europeu de Justiça de condenar a Bulgária por não proteger Kaliakra, um importante abrigo na costa do Mar Negro para a população invernante do ganso-de-peito-ruivo (Branta ruficollis)”, recorda.

Em Portugal, na lista que foi agora divulgada, a Birdlife mantém quatro IBA na lista de áreas consideradas em perigo: Lagoa dos Salgados e Vilamoura, ambas no Algarve, Salinas de Alverca e Forte da Casa (Vila Franca de Xira) e ainda Figueira da Foz.

Nestes casos, são apontadas várias ameaças, como a construção de empreendimentos residenciais e de comércio nessas zonas (nas Salinas de Alverca e do Forte da Casa, em Vilamoura e na Lagoa dos Salgados), poluição (Figueira da Foz e Lagos dos Salgados) e actividades humanas que perturbam a natureza (Figueira da Foz e Lagoa dos Salgados).

Incluindo as regiões autónomas, são actualmente consideradas um total de 106 IBA em Portugal, país onde a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves é parceira da Birdlife International.

 

Para saber mais sobre a lista de Zonas Importantes para as Aves e a Biodiversidade em Perigo, pode consultar a informação da Birdlife Internacional.