Austrália não quer Grande Barreira de Coral na lista vermelha da Unesco

2 de Fevereiro

O Governo australiano publicou nesta segunda-feira um relatório sobre o que está a fazer para conservar a Grande Barreira de Coral, património mundial da Unesco desde 1981, onde garante o bom estado de conservação da área protegida.

Camberra espera, assim, dar justificações suficientes para evitar que o comité do património mundial da Unesco, que se irá reunir em Junho na Alemanha, decida que a Grande Barreira de Coral, que perdeu metade da sua área nos últimos 30 anos, deve ser incluída na sua lista vermelha.

Para ajudar, o ministro australiano do Ambiente, Greg Hunt, escreveu uma carta à Unesco onde garante que o seu país está a lutar com “renovado vigor” contra a degradação da Grande Barreira de Coral, noticia nesta segunda-feira o jornal “The Guardian“.

Entretanto, no mês passado, o Governo do Belize aceitou iniciar negociações sobre a adopção de medidas de protecção à Barreira de Coral do Belize, actualmente na lista do património mundial ameaçado da Unesco.