Descoberta nova espécie de rã de vidro na Costa Rica

21 de Abril de 2015

A rã de vidro Hyalinobatrachium dianae, que há quem diga que se parece com o sapo Cocas, foi descrita como uma nova espécie para a Ciência, depois de uma equipa de investigadores a ter descoberto nas montanhas Talamanca, no Sul da Costa Rica.

Brian Kubicki, do Centro de Investigação de Anfíbios da Costa Rica, coordenou o estudo publicado em Fevereiro na revista científica “Zootaxa”.

Esta nova rã de vidro foi diferenciada das outras rãs de vidro devido à sua combinação única de características morfológicas, genética e canto, segundo um comunicado daquele centro.

A nova espécie foi descrita tendo por base seis espécimes que foram recolhidos em três sítios diferentes nas montanhas de Talamanca, entre os 400 e os 900 metros de altitude.

A Hyalinobatrachium dianae recebeu este nome para homenagear a mãe do autor principal, Janet Diane Kubicki.

Com esta nova espécie, a Costa Rica conta agora com 14 espécies de rãs de vidro, anfíbios caracterizados pela sua cor tão translúcida que é possível verem-se os seus órgãos internos.