Foi hoje libertado o 100º lince ibérico nascido em cativeiro

29 de Maio de 2015

Lucero, nascido no centro de criação La Olivilla, na Andaluzia, foi o 100º lince ibérico nascido em cativeiro a ser colocado em liberdade.

A libertação deste novo lince realizou-se hoje, sexta-feira, na zona de reintrodução de Montes de Toledo, uma zona no sul de Espanha.

Foi do centro de criação de La Olivilla que saíram os primeiros linces ibéricos nascidos em cativeiro a serem postos em liberdade: Grazalema, que morreu entretanto numa jaula armadilhada, e Guarrizas, que se pensa que já terá tido inúmeras crias.

Desde o início do programa que foram colocados em liberdade, tanto em Espanha como Portugal, um total de 126 linces ibéricos: 10 em Portugal, 80 na Andaluzia, 23 em Castela-La Mancha e 12 na Extremadura espanhola.

Destes 126 animais, 100 tiveram origem na criação em cativeiro e outros 25 são provenientes das populações selvagens da Serra Morena ou de Doñana, indica uma notícia avançada pelos responsáveis do Programa Life Iberlince.