Linces têm-se adaptado bem a Mértola, diz responsável

16 de Janeiro de 2015

Katmandu e Jacarandá, linces-ibéricos criados em cativeiro, foram libertados há um mês num cercado de aclimatação com dois hectares numa herdade de Mértola. A jornalista Carla Tomás, do jornal “Expresso” falou com Pedro Rocha, o director do Departamento de Conservação da Natureza e das Florestas do Alentejo, segundo o qual a adaptação dos animais tem sido boa e, por isso, acredita que as portas do cercado poderão ser abertas de vez, o mais tardar, em Fevereiro. Pode ver aqui algumas imagens do dia-a-dia dos linces, recolhidas pelas cinco câmaras colocadas no cercado.