Macho de lince-ibérico morreu atropelado em estrada de Toledo

18 de Setembro de 2015

Esta manhã, um particular avisou a Guarda Civil espanhola depois de ter encontrado um cadáver de um macho de lince-ibérico numa estrada perto de Pulgar (município de Toledo, em Castela-La Mancha).

 

Todos os indícios parecem indicar que a causa da morte foi atropelamento, segundo a agência de notícias espanhola EuropaPress.

Este é um lince com três anos de idade, radiomarcado, procedente do programa de reintrodução da espécie nos Montes de Toledo, que começou em 2014.

A necropsia será realizada no Centro de Referência de Castela-La Mancha, informa o projecto Iberlince, citado pela EuropaPress.

Em Agosto, Miguel Ángel Simon, director do projecto Iberlince, disse à Wilder que o controlo das mortes por atropelamento é um dos maiores desafios à conservação do lince-ibérico para um futuro próximo, juntamente com o controlo das doenças de coelho-bravo (a principal presa do lince), a caça furtiva e veneno e a consolidação das reintroduções começadas em 2014.