Mais de 20 cidadãos juntaram-se para limpar praia no Porto

22 de Setembro de 2015

No domingo de manhã, 22 voluntários recolheram 180 quilos de lixo na Praia Internacional do Porto. Esta acção insere-se num projecto de conservação da vida marinha.

 

No espaço de uma manhã, 22 pessoas recolheram 20 sacos de lixo na Praia Internacional do Porto, numa iniciativa do Sea Life Porto, da Surfrider Foundation e da Escola de Surf Flower Power Surf School.

No areal foram encontrados mais de 700 paus de chupa-chupa, 600 pontas de cigarro, 15 maços de tabaco, mais 100 garrafas e tampas, 10 copos e pratos de plástico, sete embalagens de comida e 32 sacos de plástico, segundo um comunicado do Sea Life Porto. Foram também encontrados objectos de uso pessoal e material de pesca, como boias, cordas e restos de redes.

“No final do Verão comprova-se que o maior inimigo do ambiente e a maior ameaça para as espécies animais é, sem dúvida, o ser humano”, diz Ana Ferreira, bióloga do Sea Life Porto, entidade que tem a decorrer campanhas de conservação dos oceanos e da vida marinha, pesquisa científica e educação ambiental. “Os principais objectivos são um mar livre de plásticos, uma pesca sustentável e a existência de áreas marinhas protegidas eficazes, que permitam o fim da sobre-exploração da vida marinha”, acrescentam os organizadores da limpeza da praia.