Mais de 900.000 euros para proteger morcego-de-ferradura-grande em região inglesa

7 de Outubro de 2015

A Lotaria Nacional inglesa para o Património atribuiu 707.000 libras (956.608 euros) à conservação do morcego-de-ferradura-grande, uma das espécies mais ameaçadas de morcegos na Europa, em Devon, no Sudoeste de Inglaterra. Em Portugal tem o estatuto de Vulnerável.

 

O Devon Greater Horseshoe Bat Project – gerido pelo Devon Wildlife Trust, em parceria com 18 organizações – quer recuperar os habitats da espécie (Rhinolophus ferrumequinum), proteger onze abrigos prioritários e trabalhar com proprietários de terrenos usados pelos animais.

“O morcego-de-ferradura-grande é uma espécie que viu a sua população europeia diminuir fortemente nos últimos 100 anos e já desapareceu de mais de metade do seu território britânico”, explicou Ed Parr Ferris, o responsável pelo projecto, em comunicado. Devon é o bastião desta espécie no Reino Unido, albergando um terço dos estimados 6.500 morcegos do país.

Entre as causas do declínio estão o desenvolvimento urbano e mudanças nos usos agrícolas. Agora, o projecto vai trabalhar lado a lado com os agricultores locais, dando aconselhamento e apoio à gestão e restaurando e criando redes de habitats através da atribuição de bolsas de financiamento.

As comunidades locais terão um papel crucial. “Estamos à procura de escolas e de grupos locais para se tornarem campeões pelos seus morcegos, ajudando a melhorar os habitats, participando em censos e promovendo o orgulho nos seus morcegos-de-ferradura-grande locais”, acrescentou Ed Parr Ferris.

O principal objectivo é restaurar as paisagens de que os morcegos precisam para se deslocarem e para se alimentarem. “Pastagens para gado, prados ricos em flores silvestres, sebes e bosquetes, pomares e riachos têm todos um papel nas vidas dos morcegos”, explicou ainda Ed Parr Ferris. “Eles usam estes elementos da paisagem para navegar e se movimentarem em segurança e para caçar as suas presas preferidas: borboletas nocturnas e besouros.”

Nerys Watts, responsável pela Lotaria Nacional para o Património para o Sudoeste do país, salientou a importância do projecto. “Infelizmente, os morcegos não são conhecidos por serem fofinhos ou giros, mas a sua importância para o nosso ecossistema não pode ser subestimada. O drástico declínio no país demonstra a urgência em protegê-los”, explicou.

 

Saiba mais sobre o morcego-de-ferradura-grande em Portugal aqui.