Nascem mais três crias de lince ibérico em Espanha

26 de Maio de 2015

Kakapo, uma fêmea de lince ibérico que tinha vindo do Centro Nacional de Reprodução do Lince Ibérico, em Silves, para a Extremadura espanhola, teve três novas crias que se encontram saudáveis.

Kakapo tinha sido libertada em 2014, no Vale de Matachel, na zona de Badajoz.

As três novas crias são o segundo nascimento em liberdade ocorrido na zona da Extremadura, lembra a página do projecto Life Iberlince, projecto que pretende recuperar a distribuição histórica da espécie.

Já no mês passado tinha sido noticiado o nascimento de outras três crias no Vale de Matachel, que tinham como mãe a fêmea Kodiac, e que começam a ter as primeiras lições de caça juntamente com a progenitora.

Tanto Kakapo como Kodiac são duas fêmeas ainda jovens, com dois anos de idade, o que torna estes nascimentos ainda mais importantes. É que nesta espécie é “pouco frequente” a reprodução com fêmeas abaixo dos três anos de idade, nota um comunicado do governo regional da Extremadura, citado pela Europa Press.

Em 2015, tinham sido libertados mais quatro linces ibéricos na região da Extremadura: três fêmeas (Llerena, Lechuza e Luna) e um macho (Labrador).

Apesar das três mortes desde o ano passado (dois atropelamentos e uma por envenenamento), actualmente na região da Extremadura encontram-se 16 linces em liberdade.

Em Portugal, há pelo menos nove linces em liberdade.