Projecto do abutre-preto no Sul de Portugal foi segundo mais votado na EOCA

22 de Outubro de 2015

O projecto para a recuperação do abutre-preto (Aegypius monachus) no Sul de Portugal, “Black Vulture Recovery, Southern Portugal”, foi o segundo mais votado na competição organizada pela European Outdoor Conservation Association (EOCA), anunciou hoje a Liga para a Protecção da Natureza (LPN).

A associação tinha colocado este projecto a concurso com o objectivo de financiar a continuação dos esforços que tem realizado para a conservação do abutre-preto no Alentejo, bem como a promoção do turismo de natureza associado a esta espécie.

A competição organizada pela EOCA envolveu uma ‘shortlist’ de oito projectos de conservação em vários pontos do mundo e o vencedor foi decidido com base nas votações do público, através da Internet. O projecto da LPN arrecadou mais de 3000 votos, ficando a menos de 350 votos do vencedor – “Protecting Old-Growth Forests, Sweden”.

“Embora não tenha sido atingido o objectivo de vencer a votação e garantir o apoio da EOCA, a LPN congratula-se pela divulgação alcançada pelo projecto e por ter conseguido alertar para o tema da conservação do abutre-preto tantos milhares de pessoas, nacional e internacionalmente”, considerou hoje a LPN, em comunicado.

Em Portugal, o abutre-preto está classificado como Criticamente em Perigo de extinção e é a espécie de ave necrógafa mais ameaçada. Deixou de se reproduzir no país nos anos 70 e voltou a nidificar apenas em 2010, existindo actualmente menos de 15 casais – a maioria na zona do Tejo Internacional.

Só este ano é que a espécie se voltou a reproduzir com sucesso no Alentejo, com o nascimento de uma cria em ninhos artificiais criados no âmbito do programa LIFE Habitat Lince Abutre (de Janeiro de 2010 a Setembro de 2014), 40 anos depois do último nascimento bem sucedido na região.

A LPN vai também lançar em breve uma nova iniciativa para angariar o dinheiro necessário à continuação do projecto de conservação, no âmbito da campanha “Black-Vultures need your care” (“O abutre-preto precisa de si”). O objectivo é também divulgar a importância desta ave nos ecossistemas.

Esta campanha foi lançada na sequência do programa LIFE Habitat Lince Abutre e insere-se no Programa Lince, uma parceria entre a LPN e a Fauna & Flora International para a conservação do lince-ibérico e dos restantes valores naturais associados ao ecossistema mediterrânico.