UA e “BIO Somos Todos” lançam prémio para apoiar mestrado sobre sustentabilidade

15 de Julho de 2015

A Universidade de Aveiro (UA) e o projecto “BIO Somos Todos”, coordenado por Milene Matos, investigadora do Departamento de Biologia da UA, lançaram um novo prémio para apoiar a realização de um trabalho de mestrado sobre sustentabilidade.

“Achei que, tratando-se um dos prémios internacionais ‘Terre de Femmes’ que me foram atribuídos de um prémio do público, faria sentido fazer reverter esse prémio novamente para o público através de oportunidades educativas”, explicou Milene Matos.

Através desta iniciativa, o dinheiro do prémio vai permitir a atribuição de uma bolsa correspondente ao pagamento das propinas num curso mestrado da UA, durante dois anos. O prazo para as candidaturas teve início hoje, dia 15 de Julho, e vai prolongar-se até ao próximo dia 16 de Agosto.

Podem candidatar-se ao novo prémio “UA – BIO Somos Todos” propostas de trabalho de investigação ao nível de mestrado, em qualquer área científica desde que no domínio da sustentabilidade, que se evidenciem “pelo seu carácter inovador, utilidade pública, benefícios ambientais e potencial de replicabilidade”, anunciou a Universidade de Aveiro.

Para já, o dinheiro disponível permite cobrir apenas dois anos de propinas, mas o objectivo de Milene Matos é encontrar um mecenas que garanta a continuidade desta iniciativa, no futuro.

O júri de avaliação das candidaturas vai ser presidido pelo reitor da UA, Manuel António Assunção, e integra ainda Milene Matos e Carlos Fonseca, professor do Departamento de Biologia da universidade.

O formulário para as candidaturas está disponível aqui e os interessados podem obter novas informações através do e-mail biosomostodos@ua.pt.

O projecto “BIO Somos Todos”, coordenado por Milene Matos, visa a promoção dos valores naturais e da sustentabilidade.