Foto: Joana Bourgard/Wilder

Há 25 razões para celebrar o Dia da Ecologia esta semana

Para fazer

O Dia da Ecologia, que se celebra esta sexta-feira, 14 de Setembro, festeja-se esta semana com 25 iniciativas abertas a todos os interessados de Norte a Sul do país, e também nas Ilhas, que se prolongam para os próximos sábado e domingo. A Wilder foi espreitar o programa e dá-lhe oito sugestões, mas tem muitas mais por onde escolher.

 

As actividades já começaram na última segunda-feira. Mas durante os próximos dias, ainda estão disponíveis mais de duas dezenas de acções gratuitas abertas ao público, que dão a conhecer vários lados do mundo natural – uma boa parte agendadas para esta sexta-feira, o Dia da Ecologia propriamente dito, e para o fim-de-semana.

Quem estiver interessado, vai ter à escolha visitas guiadas, oficinas, apresentações de filmes temáticos e seminários, promovidos por unidades de investigação, universidades, municípios, centros de ciência viva e organizações não governamentais, entre outros.

Agendado está também um debate sobre “A Ecologia para um Desenvolvimento Sustentável”, no final da tarde desta sexta-feira, em Lisboa. Sentados à mesma mesa, a falar sobre como é que a investigação ecológica pode contribuir para decisões práticas e estratégias políticas, vão estar oradores de diversas áreas: Helena Freitas (Universidade de Coimbra), Luisa Schmidt (Universidade de Lisboa), Susana Fonseca (Zero), Tiago Oliveira (Missão para a Gestão Integrada de Fogos Rurais) e Paulo Ferrão (Fundação para a Ciência e Tecnologia).

“A 14 de Setembro pretende-se dar maior visibilidade à Ecologia feita em Portugal”, adianta a SPECO-Sociedade Portuguesa de Ecologia, que coordena a celebração desta data a nível nacional, numa nota enviada à Wilder.

 

Foto: Joana Bourgard

 

A data escolhida é simbólica e “corresponde à data da definição moderna do conceito de ecologia publicada pelo investigador e ilustrador Ernst Haeckel.” O Dia da Ecologia foi proposto em 2016 pela European Ecological Federation (EEF), durante uma Mesa Redonda no Parlamento Europeu, em Bruxelas. No ano seguinte, a SPECO lançou o dia da Ecologia em Portugal, com o alto patrocínio da Comissão Nacional da UNESCO, que se mantém este ano.

“É uma iniciativa destinada a mostrar, ao público em geral, como o conhecimento transdisciplinar dos ecólogos pode converter-se numa ferramenta valiosa para abordar desafios económicos e problemas de saúde pública, a fim de criar uma biosfera mais sustentável e maior equidade social”, explica também a associação.

Fique a conhecer oito das iniciativas que estão programadas, nas quais vai poder participar:

 

1. Debate “A Ecologia para um Desenvolvimento Sustentável” – Entre as 17h30 e as 19h00, realiza-se este debate no Caleidoscópio, em Lisboa, moderado por José Vítor Malheiros, com a presença de Helena Freitas (Universidade de Coimbra), Luisa Schmidt (Universidade de Lisboa), Susana Fonseca (Zero), Tiago Oliveira (Missão para a Gestão Integrada de Fogos Rurais) e Paulo Ferrão (Fundação para a Ciência e Tecnologia). A apresentação será feita por Maria Amélia Martins-Loução, presidente da SPECO. Inscrição prévia aqui.

2. Plantas do Futuro? – Este workshop realiza-se sexta-feira, 14 de Setembro, às 11h e às 15h, no Jardim Botânico de Lisboa (Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa), mas é necessária inscrição prévia (geral@museus.ulisboa.pt). Que plantas deverão manter-se no futuro face às alterações globais? Para adultos e crianças com mais de 8 anos.

3. Água… Um recurso renovável mas… – Uma visita guiada que se realiza esta sexta, com ponto de encontro no Centro Ciência Viva de Estremoz. O clima está a mudar, mas como nos adaptamos (e também os ecossistemas) em regiões onde a água não abunda? Estes assuntos vão ser falados durante uma visita às pedreiras da região. Necessária inscrição prévia para ccvestremoz@uevora.pt.

4. Percurso Ambiental – Sapal e Dunas – Agendada para sábado entre as 9h30 e as 11h30, esta visita guiada decorre na Praia do Barril, em Tavira, no Algarve. Neste percurso de dois a três quilómetros, os participantes podem descobrir as particularidades e os serviços prestados por estes dois ecossistemas. A organização é do Centro de Ciência Viva de Tavira.

5. Feitos de água: exibição de documentário e debate – Também sábado, mas em Castro Verde, no Centro de Educação Ambiental do Vale Gonçalinho, exibe-se o filme “Água Mole Pedra Dura”, sobre a temática da gestão da água. O início é às 16h30, seguindo-se um debate sobre o uso da água na actualidade em Portugal. Inscrição prévia através de mail para lpn.cea-castroverde@lpn.pt.

6. CRASM no Ecology Day –  No sábado, entre as 16h00 e as 18h00, realiza-se esta Visita guiada ao CRASM-Centro de Recuperação de Animais Selvagens, na Tojeira, Cadaval. Fique a conhecer esta unidade gerida pela Quercus, no distrito de Lisboa, e aprenda de que forma a missão destes centros está relacionada com a ecologia nacional.

7. A biodiversidade à micro-escala – Visita orientada temática nos dias 15 e 16 de Setembro, sábado e domingo, às 11h00 e às 15h00, na Galeria da Biodiversidade, no Porto.   Surpreenda-se com esta visita sob a lente de um microscópio, do ponto de vista dos mais pequenos seres vivos, os microrganismos. É necessária inscrição prévia para info@mhnc.up.pt.

8. Jardins microscópicos: simbioses e coexistências em micro-habitats – Domingo entre as 10h00 e as 12h00, no Jardim Botânico do Porto, esta visita guiada vai andar em busca dos musgos e líquenes deste espaço verde, explicando como são eles próprios a “casa” ou “jardim” de outros seres vivos ainda mais pequenos. Inscrição prévia para info@mhnc.up.pt.

 

Saiba mais.

Consulte aqui o programa completo das celebrações do Dia da Ecologia.