Esta semana: Oito palestras online para assistir no FIC.A – Festival Internacional de Ciência

Foto: Joana Bourgard

O FIC.A promete trazer a Oeiras mais de 700 actividades e muitas dezenas de oradores de mais de 25 países, muitos deles também transmitidos online. Conheça as sugestões da Wilder.

Com excepção de algumas oficinas mais específicas, o acesso é gratuito para todos os eventos ligados ao FIC.A, que se realiza entre esta terça-feira e domingo, dia 17, e que decorre principalmente no Palácio e Jardins do Marquês de Pombal, em Oeiras.

A Wilder consultou o programa do festival e sugere-lhe oito apresentações ligadas ao mundo natural e à biologia a que poderá assistir mesmo que não esteja em Oeiras, uma vez que serão acessíveis no canal Youtube deste evento.

1. Padrões na Arte e Natureza, por Philip Ball

Data: Terça-feira, dia 12. Das 17h às 17h45

Philip Ball é formado em Química e doutorado em Física. Foi editor da Nature por mais de 20 anos, para onde continua a escrever regularmente, e autor de livros de divulgação científica.

Nesta palestra, fala sobre padrões e formas regulares que podemos encontrar no mundo natural, desde as colmeias até aos flocos de neve, e que desde há muito fascinam cientistas e artistas e servem de foco para o diálogo entre ambos. “Vou olhar para o que são alguns desses padrões naturais, qual a sua origem e como é que têm sido explorados pelos artistas”, indica Philip Ball, que vai também explicar como é que os mesmos “apontam para alguns dos princípios que governam a forma como o mundo funciona.”

2. Masterclass sobre Alterações Climáticas com Nick Bridge

Data: Terça-feira, dia 12. Das 17h às 17h45

Nick Bridge é o enviado especial do Reino Unido para as Alterações Climáticas. Vai falar sobre a COP26 – a Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas, agendada para Glasgow entre 31 de Outubro e 12 de Novembro – e sobre os desafios que estão hoje ligados a este tema.

3. Ross Piper, autor de “Animal Earth – A Fantástica Diversidade das Criaturas Vivas”

Data: Quarta-feira, dia 13. Das 20h30 às 21h45

Ross Piper, zoologista e entomólogo, é autor do livro “Animal Earth”, publicado em 2013. “Arranhámos apenas a superfície da compreensão sobre a diversidade animal, mas podemos estar certos de que os animais familiares (mamíferos, aves, etc) representam apenas uma fracção de 1% da diversidade total de espécies. E os outros? Como são e como vivem?”, questiona-se este cientista, que quer dar a conhecer todas as principais linhagens de animais que vivem na Terra.

4. Biodiversidade – Uma vida dedicada à Natureza, por Thomas Lovejoy

Data: Quinta-feira, dia 14. Das 19h00 às 19h45

Biólogo de conservação, Thomas Lovejoy cunhou o termo “diversidade biológica”, em 1980, e é apontado como da área da biologia de alterações climáticas. Nos anos 80 chamou a atenção do mundo para as florestas tropicais, em especial para a Amazónia brasileira, onde trabalhava desde 1965. Recebeu vários prémios, incluindo o Tyler Prize for Environmental Achievement, em 2001, e o Blue Planet Prize em 2012.

5. Tubarões – ancestrais e fundamentais, por Fernando Reis

Data: Sexta-feira, dia 15. Das 16h00 às 16h45

Economista de formação matemática, ambientalista e guia de mergulho com tubarões, Fernando Reis é fundador e Director Executivo da ONG internacional ‘Sharks Educational Institute’ (SEI), que fundou em Espanha em 2016. A residir em Portugal desde 2020, preside actualmente à associação SEI Portugal. “A principal orientação do nosso trabalho é a educação ambiental marinha dos mais jovens e estimular a sua participação ativa na conservação das diferentes espécies de tubarões nos seus habitats naturais”, explica.

6. Mesa redonda: A Literacia do Oceano na Década da Ciência Oceânica

Data: Sexta-feira, dia 15. Das 19h00 às 19h45

Mesa redonda com experts ligados à Literacia do Oceano e com diferentes perspetivas. Os convidados são:

  • Prof. Luis Menezes Pinheiro – Presidente do Comité Português para a Comissão Oceanográfica Intergovernamental (COI/UNESCO)
  • Prof. Ana Noronha – Diretora Executiva Ciência Viva
  • Dra. Teresa Firmino – Jornalista do Público
  • Prof. Pedro Reis – Instituto da Educação da Universidade de Lisboa

7. Emanuel Gonçalves, da Fundação Oceano Azul

Data: Domingo, dia 17. Das 10h00 às 10h45

Emanuel Gonçalves é membro da Comissão Executiva da Fundação Oceano Azul, professor associado no ISPA – Instituto Universitário e vice-presidente do MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente. Tem estado envolvido na criação, monitorização e implementação de Zonas Marinhas Protegidas em diversas regiões, incluindo negociações sobre o alto mar.

8. Palestra: “A Walk Across the Atlantic Ocean Floor from Portugal to Puerto Rico”, por Jon Copley

Data: Domingo, dia 17. Das 14h às 14h45.

Jon Copley é um biólogo marinho interessado em explorar os padrões de vida nos ambientes oceânicos profundos que cobrem a maior parte do nosso planeta. Como “batinauta”, participou no primeiro mergulho em mini-submarino às fontes hidrotermais conhecidas mais profundas do mundo, a 5 km de profundidade no fundo do oceano, e nos primeiros mergulhos em mini-submarino a atingir 1 km de profundidade na Antártida.


Saiba mais.

Se for a Oeiras, terá de ser portador de um bilhete que pode reservar através do site do FIC.A. Consulte a programação completa.