Foto: Wilder/arquivo

As exposições em Portugal que nos inspiram

A não perder

Aqui poderá descobrir quais as exposições temporárias que lhe mostram o mundo natural mais de perto ou como nunca o viu, graças à arte de fotógrafos, ilustradores e naturalistas portugueses. Pequenas maravilhas dentro de portas que nos inspiram.

 

 

Photo Ark – A nova arca de Noé – Exposição da National Geographic

Quando: 29 de Novembro de 2018 a 5 de Maio de 2019

Onde: Cordoaria Nacional, Lisboa

A exposição apresenta mais de 100 imagens do fotógrafo da National Geographic Joel Sartore. Metade destes retratos de espécies animais são inéditos e outros 12 foram fotografados em Portugal. Esta mostra faz parte de um ambicioso projeto: criar um arquivo inédito da biodiversidade e inspirar o público a dedicar-se à conservação das criaturas mais vulneráveis no planeta. O objetivo do projeto é conseguir fotografar as 12.000 espécies existentes em cativeiro. Até agora o fotógrafo já visitou mais de 250 jardins zoológicos e centros de vida selvagem, distribuídos por mais de 40 países. Na mostra, além das fotografias, são exibidos três documentários sobre o projeto.

Horários: Segunda a Sexta – 10h00 às 19h00; Sábado, Domingo e Feriados – 10h00 às 20h00

 

Exposição “Mar profundo português:

Quando: 6 de Abril a 25 de Maio de 2019

Onde: Museu Oceanográfico (Fortaleza de Santa Maria, Portinho da Arrábida)

O Oceano cobre mais de 70% da superfície do nosso planeta mas apenas é verdadeiramente conhecido em 5 a 10%. Esta exposição evoca os pioneiros da oceanografia em Portugal e da progressiva estruturação da investigação, assim como o acesso ao mar profundo e o projeto em curso de extensão da plataforma continental. Pode ainda conhecer a colecção de referência do Museu, que conta com vários exemplares de habitantes das grandes profundidades do canhão de Setúbal e do Espichel.

Horários: 3ªf a 6ªf das 10h às 16h; sábados das 15h às 18h; encerra aos Domingos, 2ªf e feriados

 

Exposição World Press Photo 2019

Quando: de 27 de Abril a 19 de Maio de 2019

Onde: Antigo Picadeiro do Colégio dos Nobres (Museu Nacional de História Natural e da Ciência), Lisboa

A edição de 2019 do World Press Photo, o melhor do fotojornalismo mundial, chega a Lisboa através da VISÃO, em parceria com a GALP. Esta exposição apresenta ao público as imagens vencedoras do 62.º concurso anual da World Press Photo, selecionadas a partir de dezenas de milhares de fotografias candidatas. Esta iniciativa tem como outros patrocinadores a Samsung Galaxy e a ANACOM, e conta com o apoio da Universidade de Lisboa e da Câmara Municipal de Lisboa.

Saiba mais aqui e aqui.

 

Exposição “Alterações climáticas e os oceanos do futuro”

Quando: 10 de Fevereiro a 31 de Julho de 2019

Onde: Museu do Mar Rei D. Carlos (Cascais)

As alterações climáticas fazem parte da história geológica da Terra. Contudo, desde a Revolução Industrial que a combustão de combustíveis fósseis e os processos industriais têm vindo a libertar para a atmosfera crescentes toneladas de CO2. Este aumento tem vindo a intensificar a tendência para o aquecimento global da Terra, para a acidificação e, consequentemente, para a redução dos níveis de oxigénio dos oceanos, o que resulta em perdas significativas de biodiversidade, mudanças na distribuição geográfica de diversas espécies e diminuição da resiliência dos ecossistemas marinhos.

Horários: 3ª a domingo | 10h00 – 18h00

 

Exposição de ilustração científica “Plantas de Macau e do Oriente”

Quando: 30 de Maio a 25 de Agosto de 2019

Onde: Museu do Oriente, Lisboa

Um conjunto de 42 ilustrações científicas resultantes de um trabalho iniciado em 2013, no âmbito de uma bolsa de curta duração atribuída pela Fundação Oriente, que nos levam até aos jardins e árvores de Macau e das ilhas Taipa e Coloane.
Desse trabalho inicial resultaram os primeiros esboços e, posteriormente, as ilustrações científicas das espécies da flora local apresentadas nesta exposição.
Todas as ilustrações são aguarelas e foram realizadas pelas ilustradoras Catarina França e Mafalda Paiva, transportando-nos por uma viagem de cores que reflectem a perfeição e a riqueza da flora desta região do mundo.

 

 

Exposição Histórias de Expedições Botânicas

Quando: 15 de Março a 30 de Setembro de 2019

Onde: Museu de Ciência da Universidade de Coimbra

As expedições botânicas são viagens científicas cujo objectivo é explorar a flora de uma região. Os exemplares colhidos ao longo de séculos integram herbários e são, ainda hoje, indispensáveis à investigação da diversidade vegetal. Esta exposição ilustra quatro expedições em África que decorreram entre finais do séc. XIX e os nossos dias e os trabalhos dos seus botânicos, Marques, Henriques, Gossweiler e Paiva.
Esta iniciativa é uma parceria entre o Herbário e o Museu da  Ciência da Universidade de Coimbra para a 21ª Semana Cultural da UC.

 

Florestas Submersas:

Quando: até 2019

Onde: Oceanário de Lisboa

Visite o maior “nature aquarium” do mundo, com 40 metros de comprimento e 160 mil litros de água doce, criado pelo japonês Takashi Amano (1954-2015). Aqui vivem mais de dez mil peixes e 46 espécies de plantas aquáticas. A obra do aquascaper japonês, que recria um rio tropical, pretende envolver os visitantes numa experiência “de contemplação e conservação da natureza, no seu estado mais puro de equilíbrio”, segundo o Oceanário. As florestas tropicais são dos habitats mais ricos e diversos da Terra, apesar de ocuparem menos de 6% da superfície do planeta. Apesar da sua importância ecológica, estes habitats são, provavelmente, dos mais ameaçados do mundo.

Horários: das 10h00 às 19h00

Veja aqui o making of desta exposição.

 

Reis da Europa Selvagem – os nossos últimos grandes carnívoros:

Quando: até 31 de Dezembro de 2019

Onde: Museu Nacional de História Natural e da Ciência

Esta exposição quer dar a conhecer quatro grandes carnívoros europeus – o urso, o glutão, o lince e o lobo. Em especial o lince ibérico, o felino mais ameaçado do mundo, e o lobo ibérico cujas populações estão em perigo de extinção. Ao longo de seis módulos, esta exposição permite contemplar exemplares naturalizados que estarão imersos num cenário expositivo de imagens, sons e novas tecnologias que conduzem o público a uma viagem pelas áreas geográficas onde vivem estes animais e conhecer os seus habitats, biologia, organização social, hábitos alimentares, ameaças e projetos que promovem a sua conservação.

 

Horários:

Terça a sexta-feira: 10h00 às 17h00
Fim-de-semana: 11h00 às 18h00
Encerra à segunda-feira e feriados.

 

 
Agora é a sua vez.
Sabe de alguma exposição dedicada ao mundo natural que gostasse de ver nesta lista? Envie a sua sugestão para geral@wilder.pt. Obrigada!