Foto: Joana Bourgard/Wilder (arquivo)

Semana da Ciência e Tecnologia: 7 coisas para fazer neste fim-de-semana

A não perder

A Semana da Ciência e da Tecnologia (19 a 25 de Novembro) está a mostrar que Ciência se faz em Portugal. Aqui ficam sete actividades, gratuitas, para quem gosta de saber mais sobre o mundo natural que vão acontecer neste fim-de-semana.

 

Esta iniciativa, promovida pelo Programa Ciência Viva, leva as instituições científicas, universidades, escolas e museus a abrir portas, “proporcionando ao público oportunidades de observação científica e de contacto pessoal com especialistas de diferentes áreas do conhecimento”, segundo os organizadores.

Estas são sete actividades naturalistas que vão acontecer neste fim-de-semana:

 

24 de Novembro:

Visita ao Jardim Botânico de Lisboa: Cultura e Património

14h30 – 16h00

Nesta visita orientada poderá ficar a conhecer a história do Jardim Botânico e quais as plantas carismáticas que o habitam.

Entidade responsável: Museu Nacional de História Natural e da Ciência – Universidade de Lisboa

Número máximo de participantes: 30

Inscrições: geral@museus.ulisboa.ptou 93.373.59.13

 

Visita à exposição Specere com mediação dos seus curadores e investigadores

16h00 – 17h30

Visita às colecções da exposição: rochas e minerais, botânica, insectos, peixes e antropologia.

Entidade responsável: Museu Nacional de História Natural e da Ciência – Universidade de Lisboa

Número máximo de participantes: 25

Inscrições: geral@museus.ulisboa.ptou 93.373.59.13

 

Inauguração da exposição do I Concurso Anual de Fotografia em História Natural e Ciência

16h00 – 19h00

Esta exposição resulta do Concurso que o Museu lançou em 2017/2018. Não perca a cerimónia de entrega dos prémios aos vencedores nas categorias Biodiversidade, Geodiversidade, Astrofotografia, Microfotografia e Categoria Jovem, bem como a oportunidade de visitar, gratuitamente, a exposição composta por 30 fotografias.

Entidade responsável: Museu Nacional de História Natural e da Ciência – Universidade de Lisboa

Local: Museu Nacional de História Natural e da Ciência, Lisboa

 

À procura das plantas invasoras

10h30 – 12h30

O Centro Ciência Viva de Vila do Conde, juntamente com as biólogas do CIBIO-inBIO Ana Vaz e Joana Vicente, e ainda, a Associação dos Amigos do Mindelo para a defesa do Ambiente irão realizar uma ação de sensibilização sobre plantas invasoras. Do programa faz parte uma pequena palestra, uma saída de campo para fazer o levantamento de plantas invasoras, utilizando para isso as plataformas digitais e a aplicação disponível para Android.

Entidade responsável: Centro Ciência Viva de Vila do Conde

Local: Centro Ciência Viva de Vila do Conde

Número máximo de participantes: 40

Inscrições: info@viladoconde.cienciaviva.ptou 252.633383

 

25 de Novembro:

Exposição fotográfica “Aos Olhos do CCMAR”

10h00 – 17h00

Esta exposição reflete o trabalho que os investigadores do CCMAR realizam no contexto das ciências do mar.

Entidade responsável: Centro Ciência Viva do Algarve

Local: Centro Ciência Viva do Algarve

 

Café com Ciência: “Desafios da medicina de animais selvagens em liberdade”

11h00 – 12h00

Em ambientes rurais, os animais domésticos e selvagens trocam facilmente agentes patogénicos que podem trazer consequências para a conservação de espécies sensíveis como o lobo-ibérico e a águia-de-Bonelli.

Conheça a biodiversidade do ponto de vista de um veterinário e perceba qual o papel que as doenças têm na conservação da Natureza.

Nuno Santos é médico-veterinário pela Universidade Técnica de Lisboa, mestre em Saúde Pública Veterinária e doutorado pela Universidade do Minho. Atualmente é investigador no CIBIO-InBIO, onde se dedica à investigação de doenças infeciosas e parasitárias em populações de animais selvagens em liberdade, trabalhando com vários sistemas modelo.

Entidade responsável: Fundação de Serralves

Local: Sala Multiusos da Fundação de Serralves

 

Oficina Dia Nacional da Cultura Científica: A voz da experiência

10h00 – 13h00

A compreensão que fazemos do mundo mune-se de diversas ferramentas. Saiba mais sobre o raciocínio científico e utilize o seu método para fazer sentido de diversas situações intrigantes. Miúdos e graúdos serão convidados a meter a mão na massa (cinzenta) e, seguindo o método científico, desenvolver experiências que conduzirão a um entendimento aprofundado do mundo natural.

Entidade responsável: Fundação de Serralves

Local: Lagar (Quinta de Serralves)

Saiba mais sobre a Semana da Ciência e da Tecnologia aqui.