Que espécie é esta: bútio-comum

O leitor José Pais fotografou estas aves a 16 de Fevereiro de 2020 nos arredores de Évora e pediu ajuda para saber qual a espécie a que pertencem. Gonçalo Elias responde.

“É a mesma ave nas duas imagens? Ambas as imagens foram captadas nos arredores de Évora, junto à estrada nacional para Viana do Alentejo no dia 15-02-2020”, escreveu o leitor à Wilder.

Tratam-se de bútios-comuns (Buteo buteo).

Espécie identificada por: Gonçalo Elias, responsável pelo portal Aves de Portugal.

“É um bútio-comum Buteo buteo, também chamado aguia-d’asa-redonda. As duas fotos são da mesma espécie mas não garanto que seja o mesmo indivíduo”, disse Gonçalo Elias à Wilder.

“Esta é uma das aves de rapina mais comuns no nosso país, com a particularidade de também ocorrer nos Açores e na Madeira. Apresenta uma plumagem muito variável, havendo indivíduos que são mais claros e outros mais escuros.”

É uma rapina média com cerca de 110 a 130 centímetros de envergadura de asa.

Segundo o portal Aves de Portugal, podemos vê-la durante todo o ano. No Inverno, a população é engrossada com as águias que chegam para passar os meses mais frios, vindas do Norte da Europa.

Esta é uma ave castanha escura e com patas claras. É mais fácil de identificar quando está pousada, porque podemos ver a característica marca em meia-lua que tem no peito.

Começa a nidificar a partir do final de Fevereiro, altura em que as paradas nupciais se notam com maior intensidade, segundo o livro Aves de Portugal – Ornitologia do território continental (Assírio & Alvim, 2010).

Alimenta-se de pequenos mamíferos, aves, répteis, anfíbios, insectos e vermes.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.