Que espécie é esta: escaravelho Meloe violaceus

O leitor Nuno Ferreira encontrou este escaravelho a 5 de Novembro de 2020 em Águeda e quis saber qual a espécie. João Gonçalo Soutinho responde.

“Fotografei este animal no meu terreno na localidade da Borralha, que pertence à cidade de Águeda”, escreveu Nuno Ferreira à Wilder.

Trata-se de um escaravelho Meloe violaceus.

Espécie identificada por: João Gonçalo Soutinho, coordenador do VACALOURA.pt.

Estes escaravelhos enquanto adultos alimentam-se de polén. 

As larvas, no entanto, quando emergem do solo (onde as fêmeas colocam milhares de ovos), sobem a plantas ou flores à procura de algum hospedeiro que irão parasitar. 

Normalmente as pequenas larvas optam por abelhas-solitárias ou por gafanhotos e algumas vezes por abelhas-do-mel, aos quais se agarram apanhando “boleia” até chegarem aos ninhos desses insectos, onde irão viver. 

Enquanto se desenvolvem, alimentam-se dos ovos e larvas dos insectos que parasitam e também de polén e mel, se estiverem disponíveis.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.


Já que está aqui…

Apoie o projecto de jornalismo de natureza da Wilder com o calendário para 2021 dedicado às aves selvagens dos nossos jardins.

Com a ajuda das ilustrações de Marco Nunes Correia, poderá identificar as aves mais comuns nos jardins portugueses. O calendário Wilder de 2021 tem assinalados os dias mais importantes para a natureza e biodiversidade, em Portugal e no mundo. É impresso na vila da Benedita, no centro do país, em papel reciclado.

Marco Nunes Correia é ilustrador científico, especializado no desenho de aves. Tem em mãos dois guias de aves selvagens e é professor de desenho e ilustração.

O calendário pode ser encomendado aqui.