Foto: Rui Oliveira

Que espécie é esta: ninfa de percevejo Carpocoris sp.

O leitor Rui Oliveira encontrou este insecto numa floresta de Aveiro, a 22 de Julho, e pediu para saber a espécie. José Manuel Grosso-Silva responde.

 

Trata-se de uma ninfa ou juvenil de um percevejo do género Carpocoris.

Espécie identificada por: José Manuel Grosso-Silva, responsável pelas colecções entomológicas do Museu de História Natural e da Ciência (Universidade do Porto).

Os percevejos do género Carpocoris pertencem à família Pentatomidae, cujos membros possuem antenas constituídas por cinco segmentos. Os insectos desta família são quase todos fitófagos, alimentando-se da seiva e outros sucos das plantas.

Em inglês do Reino Unido, são conhecidos por ‘shield bugs’, devido ao formato da carapaça em forma de escudo. Já os americanos conhecem-nos como ‘stink bugs’, devido ao mau cheiro que exalam quando se sentem perseguidos.

 


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

Inês Sequeira

A minha descoberta do mundo começou nas páginas dos livros. Desde que aprendi a ler, devorava tudo o que eram livros e enciclopédias em casa. Mais tarde, nos jornais, as minhas notícias preferidas eram as que explicavam e enquadravam acontecimentos que de outra forma seriam compreendidos apenas pelos especialistas. E foi com essa ânsia de aprender e de “traduzir” o mundo que me formei como jornalista. Comecei em 1998 na área de Economia do PÚBLICO, onde estive 14 anos a escrever sobre transportes, aviação, energia, entre outros temas. Fui também colaboradora do Jornal de Negócios e da agência Lusa. Juntamente com a Helena Geraldes e a Joana Bourgard, ajudei em 2015 a fundar a Wilder, onde finalmente me sinto como “peixe na água” e trabalho para um mundo melhor. Aqui escrevo sobre plantas, animais, espécies comuns e raras, descobertas científicas, projectos de conservação, políticas ambientais e pessoas apaixonadas por natureza. Aprendo e partilho algo novo todos os dias.