Que espécie é esta: ovos de poliquetas?

Os leitores Josh e Louisa Nightingale viram estes “sacos gelatinosos” em Agosto no Barreiro, e quiseram saber o que é. A equipa do GelÀVista responde.

“Vimos estes ‘sacos gelatinosos’ no intermareal da praia de Alburrica em Barreiro. O que é?”, escreveram à Wilder.

Tratar-se-ão de massas de ovos de poliquetas ou de outros anelídeos.

Identificação por: Equipa do GelAVista, do Grupo de Oceanografia e Plâncton do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Acreditamos que estes “sacos gelatinosos” serão massas de ovos de poliquetas ou de outros anelídeos que depositam assim as suas posturas no substrato arenoso.

Desta forma mantêm as suas posturas bem oxigenadas pela corrente marítima constante mas, ao mesmo tempo, fixas ao solo.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.


Já que está aqui…

Apoie o projecto de jornalismo de natureza da Wilder com o calendário para 2021 dedicado às aves selvagens dos nossos jardins.

Com a ajuda das ilustrações de Marco Nunes Correia, poderá identificar as aves mais comuns nos jardins portugueses. O calendário Wilder de 2021 tem assinalados os dias mais importantes para a natureza e biodiversidade, em Portugal e no mundo. É impresso na vila da Benedita, no centro do país, em papel reciclado.

Marco Nunes Correia é ilustrador científico, especializado no desenho de aves. Tem em mãos dois guias de aves selvagens e é professor de desenho e ilustração.

O calendário pode ser encomendado aqui.