Que espécie é esta: tremoção

A leitora Vera Correia fotografou esta planta em Torres Vedras, a 24 de Janeiro, e pediu ajuda na identificação. O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra responde.

“Gostaria de saber que planta é esta encontrada hoje, durante um passeio” em Casais de Santo António, Torres Vedras, escreveu a leitora à Wilder.

Trata-se de um tremoção (Erophaca baetica).

Espécie identificada e texto por:  Jardim Botânico da Universidade de Coimbra (JBUC), que tem a decorrer um projeto de consultas botânicas para o qual poderá enviar todas as perguntas e dúvidas que tiver sobre as plantas (consultorio.botanico@uc.pt).

Pertencente à família Fabaceae, a espécie Erophaca baetica (L. Boiss., também é vulgarmente conhecida como erva-canudo, alfavaca-silvestre ou alfavaca-dos-montes.

Esta espécie é nativa em Portugal Continental e nos Açores e floresce entre junho e agosto.

A espécie é autóctone da Europa e a Macaronésia.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.


Já que está aqui…

Apoie o projecto de jornalismo de natureza da Wilder com o calendário para 2021 dedicado às aves selvagens dos nossos jardins.

Com a ajuda das ilustrações de Marco Nunes Correia, poderá identificar as aves mais comuns nos jardins portugueses. O calendário Wilder de 2021 tem assinalados os dias mais importantes para a natureza e biodiversidade, em Portugal e no mundo. É impresso na vila da Benedita, no centro do país, em papel reciclado.

Marco Nunes Correia é ilustrador científico, especializado no desenho de aves. Tem em mãos dois guias de aves selvagens e é professor de desenho e ilustração.

O calendário pode ser encomendado aqui.