Foto: João Borges

Estes são os vencedores do 5º Concurso de Fotografia de Natureza

Cultura

Cerca de 500 fotografias estiveram a concurso nas categorias de Fauna, Flora, Vida Marinha e #BMWiNaturePhoto. Os vencedores foram conhecidos a 26 de Junho.

A 5ª edição do Concurso Nacional de Fotografia de Natureza Quercus | BMW i tem como missão “sensibilizar os cidadãos para as questões do ambiente, da conservação e da biodiversidade”, explicam os organizadores da iniciativa.

Os prémios, no valor de cerca de 4.000 euros, foram entregues a 26 de Junho no Rooftop do edifício LACS, na Rocha de Conde de Óbidos, em Lisboa.

Este concurso destina-se a fotógrafos profissionais e amadores, residentes em Portugal, que sejam apaixonados pelo ambiente e preocupados com a sua conservação.

Na categoria Fauna, o primeiro prémio foi para Pedro Silva, com a fotografia “Golfinho no Sul do Pico”.

Em segundo lugar na categoria Fauna ficou a fotografia “Veado Vermelho”, de Maria Augusta de Almeida Pinto.

Em terceiro lugar ficou a fotografia “A Vida de um Guerreiro”, de Vítor Oliveira.

Na categoria Flora, o primeiro lugar foi para a fotografia “Beleza Selvagem” de José Manuel Gonçalves.

Em segundo lugar na categoria dedicada à diversificação da vegetação portuguesa ficou a fotografia de João Coutinho, “Espero por ti”.

O 3º lugar foi para Pedro Silva com a fotografia “Juniperus Brevifolia – Cedro do Mato”.

Na categoria Vida Marinha, João Borges foi quem se destacou com a fotografia “Blue Shark Açores”.

O segundo lugar foi atribuído à fotografia “Porto de Abrigo”, de João Miguel Roque.

O terceiro lugar foi para a “A Dança da Natureza”, de Hugo Marques.

A edição de Instagram do concurso, #BMWiNaturePhoto, que cumpriu a 2ª edição, premiou Ângelo Jesus com uma bicicleta elétrica BMW, pela fotografia “Trio”, tirada no Parque Natural do Alvão.

Os vencedores foram escolhidos com base nos critérios estéticos da imagem, criatividade, originalidade e enquadramento no tema do concurso.

“Para nós, é uma honra organizar um concurso com estas características, que é único no panorama nacional, e que tem vindo atingir um número cada vez maior de participantes, promovendo e divulgando a fotografia de natureza como expressão artística e como forma de sensibilizar os cidadãos para as questões do ambiente, da conservação e da biodiversidade”, comentou Paulo do Carmo, presidente da Quercus.

As 10 fotografias vencedoras (1º, 2º e 3º lugares) podem ser vistas no Rooftop do LACS Conde de Óbidos, em Lisboa, “com o intuito de inspirar todos os fotógrafos, profissionais e amadores, que queiram abraçar esta causa pela conservação da natureza”, segundo o comunicado da Quercus.