Foto: Joana Bourgard/Wilder/arquivo

Parlamento Europeu quer metas vinculativas para travar perda da Biodiversidade

Monitor

Os eurodeputados pediram hoje uma posição forte da União Europeia na COP15, onde será acordada a estratégia mundial para travar a perda da biodiversidade até 2030.

 

A 15ª Conferência das Partes (COP) da Convenção para a Diversidade Biológica – que entrou em vigor em 1993 – vai ser realizada em Outubro na cidade chinesa de Kunming.

Durante a COP15, 193 países deverão adoptar metas vinculativas para conservar e recuperar a natureza do planeta de 2020 a 2030, pediu hoje o Parlamento Europeu, numa votação em sessão plenária.

Com cerca de um milhão de espécies ameaçadas de extinção, o tempo urge, salienta.

A resolução aprovada hoje pelo Parlamento Europeu apela à União Europeia (UE) para liderar os trabalhos na COP15 e conseguir um acordo legal vinculativo – como foi o caso do Acordo de Paris para as alterações climáticas – para travar a perda da biodiversidade. Esse acordo vinculativo deve ter prazos e indicadores de sucesso, acrescenta.

O documento salienta ainda que a UE só terá credibilidade para o fazer se ela própria der o exemplo no seu território. Por isso, os eurodeputados pediram uma Estratégia Europeia da Biodiversidade 2030 mais ambiciosa, capaz de resolver as principais causas da perda da biodiversidade, com metas legais vinculativas para a UE e para os seus Estados membros.

Os eurodeputados pediram, por exemplo, a conservação de, pelo menos, 30% de áreas naturais e o restauro de, pelo menos, 30% dos ecossistemas degradados, tanto no mundo como na UE, até 2030.

“2020 será um ano crucial para a biodiversidade”, disse, em comunicado, Pascal Canfin, responsável pelo Comité do Ambiente em Estrasburgo.

Os eurodeputados propõem também que, pelo menos, 10% do orçamento da UE para o período de 2021 a 2027 seja investido na melhoria da biodiversidade. Incluindo o restauro de florestas, zonas húmidas, turfeiras, prados, zonas costeiras e áreas marinhas.

Defendem ainda que sejam implementadas metas vinculativas de redução do uso de pesticidas na UE.

“O Parlamento Europeu deu um sinal claro à Comissão Europeia no apoio a metas ambiciosas e legalmente vinculativas para trazer a natureza de volta”, disse, em comunicado, Sabien Leemans, da responsável da WWF para as Políticas Europeias.

“Agora, a Comissão deve responder a este apelo, tanto do Parlamento como dos cidadãos europeus, quando apresentar a Estratégia da Biodiversidade Europeia 2030.” Esta será debatida em Junho pelo Conselho Europeu.

Uma delegação do Parlamento Europeu vai participar na COP15, na China, de 19 de Outubro a 1 de Novembro deste ano.

 

Descubra o Calendário Wilder 2020

Para o ano de 2020 criámos um calendário inspirado nas espécies de plantas, animais e cogumelos de Portugal, com 12 das melhores imagens que recebemos dos nossos leitores, através do Que Espécie É Esta. E com os dias mais especiais dedicados à Natureza, de Janeiro a Dezembro. 

Saiba aqui como adquirir. 

Desta forma está a apoiar o trabalho da Wilder, revista online independente dedicada ao jornalismo de natureza.