Foto: Isabel Inácio Cordeiro

Que espécie é esta: afinal é uma anémona-parasitica

Naturalistas locais

A leitora Isabel Inácio Cordeiro fotografou esta espécie durante um passeio pela praia de Tróia a 13 de Novembro e quis saber qual o seu nome. Primeiro foi identificada como um molusco pata-de-burro, mas afinal é uma anémona-parasitica.

 

Enquanto dava um passeio durante a maré vazia, Isabel encontrou este molusco na areia que “gostava muito que me ajudassem a identificar”.

“O animal estava agarrado a uma concha de um lingueirão”, conta a leitora que, depois de ter tirado a fotografia, prontamente o devolveu ao mar.

 

 

A espécie que observou é uma anémona-parasitica (Calliactis parasitica) e não um molusco pata-de-burro (Cymbium olla) como identificado inicialmente.

Espécie identificada por: Gonçalo Rosa, fotógrafo de vida selvagem

Esta é uma anémona que existe no oceano Atlântico e no Mar Mediterrâneo e que normalmente se encontra em conchas com caranguejos eremitas. A anémona protege o caranguejo, com os seus tentáculos, e beneficia quando consegue apanhar o alimento dispersado pelos movimentos do caranguejo.

 

Anémona e caranguejo eremita. Foto: Fernando Herranz Martín/Wiki Commons

 

Tem uma base aderente, com cerca de 80 milímetros de diâmetro e cerca de 100 milímetros de altura, e centenas de tentáculos de tom creme, por vezes rosa ou alaranjados.

Vive a profundidades que variam entre a zona intertidal e os 60 metros.

 

Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

 

Precisamos pedir-lhe um pequeno favor…

Se gosta daquilo que fazemos, agora já pode ajudar a Wilder. Adquira a ilustração “Menina observadora de aves” e contribua para o jornalismo de natureza. Saiba como aqui.