Foto: Carlos Faria

Que espécie é esta: Alecrim ou rosmaninho

Naturalistas locais

O leitor Carlos Faria quis saber qual a espécie de uma planta que tem em casa. O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra responde.

 

“Tenho esta planta num vaso há algum tempo, mas cá em casa existe a dúvida se é rosmaninho ou alecrim. Para ajudar à confusão, na casa ao lado existe uma planta muito semelhante, mas os ramos são eretos”, explicou Carlos Faria, que vive em Apúlia, concelho de Esposende, numa mensagem enviada à Wilder.

Tudo indica que se trata de um dos cultivares ornamentais da espécie Salvia rosmarinus (anteriormente classificada como Rosmarinus officinalis), mais conhecida como alecrim, mas nalgumas zonas chamada de rosmaninho.

 

Foto: Carlos Faria

 

Espécie identificada e texto por: Filipe Covelo, colaborador do Jardim Botânico e do Herbário da Universidade de Coimbra (UC), no âmbito do projecto PRISC (Portuguese Research Infrastructure of Scientific Collections). O Jardim Botânico da UC tem a decorrer um projecto de consultas botânicas para o qual pode enviar as perguntas e dúvidas que tiver sobre plantas (consultorio.botanico@uc.pt).

Os nomes comuns variam de região para região. O mesmo nome pode ser atribuído a espécies diferentes e outras nem sequer os têm, não existindo forma de controlar isso.

A espécie Salvia rosmarinus pertence à família Lamiaceae, é nativa da região mediterrânica e é mais conhecida como alecrim, mas também em algumas zonas como rosmaninho.

A planta erecta de que o leitor fala (a planta na casa ao lado) pode tratar-se da mesma espécie, mas com o porte mais comum dos indivíduos espontâneos que encontramos em diversas áreas do país.

É importante não confundir com as espécies de Lavandula spp., conhecidas como alfazema mas também como rosmaninho, o que leva a que por vezes surja alguma confusão.

 

Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.