Foto: Manuel Silveira

Que espécie é esta: combatente

Naturalistas locais

O leitor Manuel Silveira fotografou esta ave a 2 de Fevereiro na Murtosa, distrito de Aveiro, e quis saber a que espécie pertence. Gonçalo Elias dá-lhe a identificação.

 

“Estou na dúvida se será um combatente ou um perna amarela, ou outra coisa qualquer :)”, escreveu Manuel Silveira à Wilder.

 

 

Trata-se de um combatente (Calidris pugnax). De notar que várias entidades ainda usam o nome Philomachus pugnax.

Espécie identificada por: Gonçalo Elias, responsável pelo portal Aves de Portugal.

Esta é uma ave que em Portugal está classificada como Em Perigo de extinção. Isto porque, segundo o Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal (2005), tem uma “população muito reduzida (admitindo-se que seja inferior a 250 indivíduos maturos)”.

É uma ave limícola que, segundo o portal Aves de Portugal, ocorre em Portugal principalmente como migrador de passagem, em trânsito das zonas onde passou o Inverno (África) para os territórios onde se irá reproduzir (Europa Central).

No Inverno a sua presença no nosso país é mais irregular, sendo mais frequente nos meses de Março, Abril, Agosto e Setembro.

Em plumagem não nupcial, “os machos e as fêmeas são acastanhados, com um padrão malhado no dorso”, descreve o Aves de Portugal. Em plumagem nupcial, “os machos envergam uma enorme coleira colorida, que pode ser branca, vermelha ou preta”.

 

Combatente em plumagem nupcial. Foto: Jerzy Strzelecki/WikiCommons

 

Os combatentes têm patas esverdeadas ou alaranjadas e bico preto e fino. Ocorre especialmente nas margens dos rios, lagoas, albufeiras, campos agrícolas alagados, sapais e, mais raramente, em zonas costeiras, explica o Livro Vermelho dos Vertebrados de Portugal (2005).

As maiores ameaças a esta espécie são o abandono ou degradação dos habitats estuarinos e a destruição ou degradação das zonas intermareais.

 

Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

 

Descubra o Calendário Wilder 2020

Para o ano de 2020 criámos um calendário inspirado nas espécies de plantas, animais e cogumelos de Portugal, com 12 das melhores imagens que recebemos dos nossos leitores, através do Que Espécie É Esta. E com os dias mais especiais dedicados à Natureza, de Janeiro a Dezembro. 

Saiba aqui como adquirir. 

Desta forma está a apoiar o trabalho da Wilder, revista online independente dedicada ao jornalismo de natureza.