Fotos: Hélio Martins

Que espécie é esta: umbigo-de-vénus

Naturalistas locais

O leitor Hélio Martins encontrou esta planta em Palmela, em meados de Abril, e pediu ajuda à Wilder para saber de que espécie se trata. O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra dá-lhe a resposta.

 

Hélio Martins fotografou esta planta encontrada a cerca de 2,5 metros do chão, num velho limoeiro, por duas vezes – uma em meados de Abril e outra no início de Maio.  “Gostaria de saber o que é, pois já perguntei a várias pessoas e ninguém sabe”, explicou. “Penso que dentro de pouco tempo dará flor.”

 

uma planta que sai de um tronco de árvore

 

A planta em questão é uma Umbilicus rupestris, mais conhecida por umbigo-de-vénus, devido à forma das suas folhas.

Espécie identificada e texto por: Jardim Botânico da Universidade de Coimbra, que tem a decorrer um projecto de consultas botânicas para o qual pode enviar as perguntas e dúvidas que tiver sobre plantas (consultorio.botanico@uc.pt).

Trata-se de uma espécie normalmente epífita, o que significa que vive em cima de outras plantas, como é o caso do limoeiro. Pode também ser casmofítica, ou seja, viver sobre as rochas, em paredes verticais, quer sejam naturais ou de construção humana.

 

 

 

Como é uma espécie que vive em habitats bastante exigentes, apresenta alguma suculência nas suas partes, como se pode observar nas folhas. Esta é aliás uma característica comum às espécies desta família, Crassulaceae, da qual faz também parte o arroz-dos-telhados (Sedum album), por exemplo.

Em Portugal, de acordo com os registos do portal Flora-On, é uma planta nativa que ocorre um pouco por todo o território, em especial mais a Norte.

 

Saiba mais.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. No caso de plantas, deve enviar fotos de pormenor das folhas, frutos e flores (se houver), se possível também tiradas contra o céu. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.