Já abriu a fase de candidaturas à 5ª edição do Concurso Nacional de Fotografia da Natureza, com três novas categorias este ano. Tem até dia 31 de Dezembro para participar.

 

“O crescimento sem precedentes da cultura da fotografia, em especial na Internet e nas redes sociais, faz cada vez mais da fotografia um dos principais e mais acessíveis meios de comunicação a nível global”, notam os responsáveis deste concurso criado em 2014, organizado pela Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza e pela BMW i.concurso

O objectivo é “acompanhar todas estas mudanças e estimular e promover a actividade fotográfica através da observação e protecção da natureza em Portugal.”

 

ave com peixe no bico

Primeiro lugar na categoria de Aves, na quarta edição do concurso. Foto: Sérgio do Vale Esteves

 

Este ano, quem entrar na corrida pode candidatar-se à vitória em três categorias – fauna, flora e vida marinha. Em cada uma, os três primeiros classificados recebem prémios monetários: 800 euros para o primeiro lugar, 300 euros para o segundo e 150 euros para o terceiro.

Os 15 melhor classificados, em cada categoria, têm ainda direito a receber o livro “Anfíbios e Répteis de Portugal”, de Ernestino Maravalhas e Albano Soares.

O concurso está aberto a fotógrafos profissionais e amadores, que têm de ser residentes em Portugal, e podem participar pessoas de qualquer idade, género ou nacionalidade. Os menores têm de enviar uma autorização escrita, assinada pelos pais ou representantes legais.

Os resultados desta edição vão ser decididos até ao final de Fevereiro do próximo ano.

 

Primeiro lugar na categoria de Macrofotografia, na quarta edição. Foto: Horácio Vargas Costa

 

No final de 2017, na 4ª edição, entraram mais de 1.600 fotografias em competição – incluindo a categoria especial de Instagram, que deverá também este ano repetir-se, com abertura prevista para breve.