Já nasceu a cria de cagarro seguida por webcam na ilha do Corvo

21 de Julho de 2015

Depois de um período de incubação de dois meses, nasceu esta tarde a cria de cagarro (Calonectros diomedea borealis) cujo ninho na ilha do Corvo, nos Açores, está a ser seguido por uma webcam.

 

Neste momento, a webcam colocada no ninho mostra, em tempo real, a fêmea a descansar, com a cria aninhada por baixo.

Este é o terceiro ano consecutivo em que é possível seguir em directo um casal de cagarros, desde o início de Junho até Novembro. É nesse mês que as crias saem dos ninhos e voam pela primeira vez em direcção ao mar.

O cagarro é uma ave marinha que mede 50 centímetros de comprimento, em média, e tem uma envergadura de asa de um metro e 25 centímetros. Nidifica nas ilhas Berlengas, Açores, Madeira e nas Canárias, em ninhos feitos em cavidades naturais e fendas nas rochas. Nos Açores estima-se que nidifiquem 75% da população mundial de Calonectros diomedea borealis.

A webcam faz parte de um projecto para recuperar o habitat das aves marinhas nos Açores, coordenado pela Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (Spea), com financiamento do programa LIFE da Comunidade Europeia.