Sistema imunitário das aves silvestres está a ser afectado pelo chumbo

17 de Junho de 2015

A ingestão de doses não letais de chumbo está a afectar o sistema imunitário de aves como as perdizes, segundo um estudo publicado esta semana na revista Environmental Science and Technology.

 

A intoxicação por chumbo nas perdizes desequilibrou a flora intestinal destes animais e reduziu os níveis de anticorpos no organismo, concluíram os investigadores do Conselho espanhol Superior de Investigações Científicas (CSIC).

Entre as espécies com maior risco de intoxicação por chumbo estão as aves aquáticas mas também as rapinas, explica o investigador Rafael Mateo, do Instituto de Investigação em Recursos Cinegéticos.

Os investigadores observaram também alterações nos níveis de antioxidantes e na coloração do anel ocular da perdiz. Este processo, diz o estudo, depende da época do ano, já que poderia ser causado pela necessidade que a ave tem em aumentar a coloração na Primavera, para fins reprodutivos.

Estes efeitos “devem ser tidos em conta perante o risco de aparecimento de doenças emergentes, sobretudo no caso de espécies ameaçadas, como são algumas aves migratórias e as rapinas, que estão muito expostas ao chumbo das munições de caça em determinadas zonas de Espanha”, acrescenta Mateo, em comunicado.