Foto: Helena Geraldes

O que procurar no Outono: Plantas em flor

Torne-se um perito

Não é verdade que só na Primavera é possível encontrar flores silvestres. Segundo a Sociedade Portuguesa de Botânica, ocorrem em Portugal cerca de 120 espécies de plantas que florescem entre Setembro e Dezembro. A Wilder pediu ajuda à Sociedade Portuguesa de Botânica e dá-lhe a conhecer cinco espécies de plantas que estão em flor no Outono, possíveis de observar num passeio em muitas zonas do país.

 

Medronheiro (Arbutus unedo)

Época principal de floração: De Outubro a Dezembro

Se por estes dias for passear pelo campo, sobretudo se andar por matagais ou por bosques de azinheiras e sobreiros, ou mesmo nalguns pinhais, pode ser que encontre os medronheiros em flor. Associado ao fabrico de aguardente, este arbusto distribui-se por quase todo o território português, incluindo a ilha açoriana do Pico, embora seja mais comum na região do Algarve.

No início de Outubro começa a ganhar as primeiras flores, ao mesmo tempo que os frutos do ano anterior (medronhos) assumem um tom vermelho e caem, já maduros. Chega a formar grandes conjuntos conhecidos por medronhais.

 

Candeias (Arisarum simorrhinum)

Época principal de floração: De meados de Outubro a Fevereiro

Candeia. Foto: Helena Geraldes

Candeia (Arisarum simorrhinum). Foto: Helena Geraldes

 

Conhecidas também pelo sugestivo nome capuz-de-frade, as candeias preferem terrenos cultivados, bermas e taludes de caminhos ou as margens de rios e ribeiros, mas também se podem ver com frequência em clareiras ou solos revolvidos. São mais fáceis de encontrar em sítios frescos ou com sombra.

As cores e o odor e humidade que se desprendem das suas flores de aparência diferente atraem pequenos mosquitos que são importantes polinizadores desta planta. As candeias ou capuzes-de-frade estão presentes em muitas regiões, mas os registos da Flora.On assinalam a sua presença mais para o Litoral, em especial no Algarve e no Litoral Centro.

 

Torga (Calluna vulgaris)

Época principal de floração: De Agosto a Novembro

Torga (Calluna vulgaris). Foto: AJ Pereira / Flora.on

É em Outubro que é mais provável encontrar os arbustos da torga cobertos de pequenas flores lilases, brancas ou cor de vinho. Muitas vezes confundida com a urze, a torga está presente por quase todo o país e não tem dificuldade com os solos duros e pedregosos da montanha ou com a aridez das dunas na praia, adaptando-se bem a estes dois ambientes.

Miguel Torga, que a escolheu como parte do seu pseudónimo de escritor, descreveu-a assim: “Torga é uma planta transmontana, urze campestre, cor de vinho, com as raízes muito agarradas e duras, metidas entre as rochas. Assim como eu sou duro e tenho raízes em rochas duras, rígidas (…)”.

 

Salsaparrilha (Smilax áspera)

Época principal de floração: De Agosto a Novembro

A salsaparrilha é conhecida por muitos outros nomes, como salsaparrilha-bastarda, alegra-campo ou mesmo alegra-cão. Esta planta trepadeira está mais presente no Sul do país, mas também há registos de observação na zona do Litoral Centro, logo abaixo do rio Douro. De bagas negras e vermelhas, é em Outubro que é mais fácil ver as suas pequenas flores, de tons brancos e esverdeados.

Pode observá-la em pinhais, matagais e vários tipos de bosques, muitas vezes a trepar por outras plantas, mas também é utilizada para sebes e muros ou nos limites dos campos.

 

Açafrão-bravo (Crocus serotinus)

Época principal de floração: De Setembro a Dezembro

Ao passear no Outono por pastagens e prados de montanha, ou clareiras de pinhais e de carvalhais, poderá encontrar esta interessante flor de tom azul ou lilás. Também conhecido em Portugal pelo nome pé-de-burro ou cebolinhas, o açafrão-bravo floresce a partir de um bolbo, mais habitualmente entre Outubro e Novembro, e é também utilizado por vezes como planta ornamental. Do mesmo género que o açafrão (Crocus sativus), divide-se em três subespécies, mas todas florescem nesta época do ano.

 

Agora é a sua vez.

Pode encontrar aqui imagens e informação sobre as muitas espécies que se encontram em floração durante o Outono, em Portugal. O Flora.on é um portal gerido pela Sociedade Portuguesa de Botânica, que é desenvolvido com o apoio voluntário de botânicos, naturalistas e investigadores.

O objectivo é disponibilizar ao público fotografias e informação de todas as plantas vasculares autóctones ou naturalizadas listadas para a flora de Portugal, excluindo as cultivadas (para Açores e Madeira, o portal está ainda em desenvolvimento).

 

Série “O que procurar no Outono”

A Wilder celebra o Outono com uma série de trabalhos sobre aquilo que não pode mesmo deixar de ver na natureza. E esta estação traz inúmeras coisas interessantes que podemos ver. Veados, esquilos-vermelhos, florestas douradas, cogumelos, bagas e frutos e libélulas são excelentes desculpas para um passeio no campo. E tudo pode ser mais entusiasmante se soubermos o que procurar e onde.

Aqui ficam os artigos desta série já publicados:

O que procurar no Outono: libélulas

O que procurar no Outono: a brama dos veados

O que procurar no Outono: a fauna nos campos agrícolas florestais

O que procurar no Outono: o esquilo vermelho