Foto: Joaquim Pedro Ferreira

O que procurar no Outono: a brama dos veados

Torne-se um perito

A brama dos veados é um dos acontecimentos mais entusiasmantes do mundo natural a acontecer nesta época do ano. Carlos Fonseca, coordenador da Unidade de Vida Selvagem da Universidade de Aveiro, ajudou-nos a fazer este pequeno guia, com o que precisa saber para aproveitar ao máximo a experiência.

 

O que é: A brama acontece durante o período reprodutivo dos veados. Nesta altura, os machos escolhem locais descampados, mais abertos, e tentam dar nas vistas. Emitem berros bastante altos e lutam com outros machos, chocando e encaixando as hastes uns nos outros. O que empurrar mais é o vencedor. Estes comportamentos servem para defender ou reclamar territórios com melhores condições e para atrair as fêmeas. Durante a brama, os machos praticamente não se alimentam e podem perder até 40% do seu peso. O grande investimento é na reprodução.

 

Quando: A brama acontece ao longo de um período relativamente longo, cerca de um mês, dependendo das diferentes latitudes. A Sul começa mais cedo do que a Norte. As alturas do dia para observar a brama são ao crepúsculo e de madrugada; de dia, a brama não existe.

 

Onde ver: Há populações de veados em todo o território continental mas Carlos Fonseca escolheu cinco especialmente interessantes: Serra de Monchique (é a população mais a Sul em Portugal e hoje terá cerca de 300 animais), Parque da Natureza de Noudar, Serra de São Mamede, Serra da Lousã (com cerca de 1000 veados) e Serras da Nogueira e de Montesinho.

 

Cuidados a ter: Carlos Fonseca lembra que, nesta altura ano, os veados estão mais exaltados e aconselha a quem quiser observá-los a ir com um guia e a não se aproximar demasiado.

 

O que comem os veados em estado selvagem: Quando a brama termina, os veados estão esgotados e procuram recuperar forças. Já em pleno Outono, os animais alimentam-se da parte mais jovem de arbustos, como as silvas, rebentos de carqueja, urzes e de matos. Podem comer também folhas de castanheiros, carvalhos e ainda os seus frutos, as castanhas e as bolotas que já começaram a cair.

 

Qual o peso de um veado: Um veado adulto pesa, em média, cerca de 170 quilos.

 

Podemos saber a idade de um veado pelas suas hastes? Não. As hastes, que apenas existem nos machos, começam a crescer ao primeiro ano de vida de um veado. De ano para ano, aumenta o número de pontas. Mas num ano bom, com grande disponibilidade de alimento, por exemplo, podem crescer uma ou duas pontas.

 

Qual a origem dos veados de Portugal: A génese é a mesma, ou seja, as populações espanholas. Por exemplo, a população de Montesinho tem origem na região Centro da Península Ibérica.

 

Série “O que procurar no Outono”

A Wilder celebra o Outono com uma série de trabalhos sobre aquilo que não pode mesmo deixar de ver na natureza. E esta estação traz inúmeras coisas interessantes que podemos ver. Veados, esquilos-vermelhos, florestas douradas, cogumelos, bagas e frutos e libélulas são excelentes desculpas para um passeio no campo. E tudo pode ser mais entusiasmante se soubermos o que procurar e onde.

Leia aqui o primeiro artigo da série, sobre libélulas.