Três águias-imperiais mortas no Parque Nacional de Doñana

13 de Fevereiro de 2015

A associação ambientalista espanhola Ecologistas en Acción disse hoje à agência de notícias Europa Press que foram encontradas mortas três águias-imperiais dentro do Parque Nacional de Doñana, no Sul da Andaluzia, num raio de um quilómetro. As causas das mortes ainda estão por apurar.

A associação e a Birdlife International juntaram-se para pedir às entidades responsáveis um reforço das medidas de protecção a esta espécie Criticamente em Perigo de extinção. Em Portugal, a espécie tem o mesmo estatuto de ameaça, segundo o Livro Vermelho dos Vertebrados (de 2005).

A águia-imperial tem como principais factores de ameaça o envenenamento e a perseguição directa.