Em Portugal Pequenino, as andorinhas ganham asas e sobrevoam territórios, paisagens e gentes, à descoberta de Portugal: de Norte a Sul; da serra à costa.