Abrigo para observação de aves na Lagoa de Melides. Foto: Município de Grândola

Há um novo abrigo para o ajudar a observar as aves da Lagoa de Melides

O município de Grândola está a apostar na observação de aves na Lagoa de Melides, hotspot de biodiversidade local onde estão identificadas mais de 180 espécies de aves. Este segundo abrigo na lagoa está aberto desde 17 de Abril.

Quatro anos depois da abertura do primeiro abrigo para observação de aves na Lagoa de Melides, o município abre agora o segundo. Esta necessidade surgiu “pela importância que assume a prática de birdwaching na Lagoa de Melides e com vista a incentivar esta prática”, escreve a autarquia em comunicado.

“Este é local de um importante ponto de residência e passagem de aves migratórias, consistindo um dos mais importantes ecossistemas do concelho, estando já registada a observação de mais de 180 espécies de aves neste local.”

A Lagoa de Melides, com cerca de 26 hectares e pequenas ilhas cobertas de vegetação, é a casa de várias espécies animais, como enguias, pardelhas, tainhas, garças-pequenas, garças-brancas, garças-vermelhas, milhafres-pretos e tarambolas-douradas. 

Os dois abrigos localizam-se na parte sul da lagoa, perto da praia e no Clube de Campismo de Lisboa de Melides respetivamente. As estruturas, no âmbito do BioMelides, um projeto de voluntariado que, desde Setembro de 2014, está a inventariar as espécies da Lagoa, foram feitas com materiais de manutenção reduzida. Os Observatórios destinam-se à observação dos ecossistemas envolventes à lagoa e a sua avifauna.

Segundo o município, com este novo abrigo “pretende a divulgação e sensibilização da biodiversidade que ocorre na Lagoa de Melides, abrangendo todos seus ecossistemas e habitats”.

Este novo Abrigo foi inaugurado a 17 de Abril pela vereadora do Pelouro de Turismo, Carina Batista, que salientou a importância deste momento para o Turismo de Natureza. “Este abrigo tem uma importância redobrada para o nosso concelho, na medida de divulgar e sensibilizar as pessoas para a biodiversidade deste local, como também tem o objetivo de a nível turístico permitir o combate à sazonalidade.”

A aquisição do Abrigo feita no âmbito da candidatura em execução, designada – Valorização do Património Natural – Percursos Pedestres, é financiada em 75% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional – FEDER, Portugal 2020.

Além do abrigo, o município vai alargar a rede de percursos pedestres e requalificar os já existentes no concelho, totalizando cerca de 150 quilómetros.


Saiba mais.

Consulte aqui a lista das espécies de aves observadas na Lagoa de Melides.