Que espécie é esta: ouriço-da-areia

O leitor Júlio Mendes encontrou este ouriço na praia da Comporta a 26 de Agosto e quis saber qual a espécie. Dora Jesus responde.

“Na praia da Comporta encontrei vários exemplares na praia”, contou o leitor à Wilder.

Trata-se de um ouriço-da-areia (Echinocardium sp.)

Espécies identificadas e texto por: Dora Jesus, bióloga marinha da Universidade de Aveiro.

A espécie que aparece na fotografia é um dos vários ouriços-da-areia que temos no nosso país.

Não consigo identificar a espécie em concreto (apesar de ter uma forte suspeita), mas pertence à familia Lovenidae, género Echinocardium.

Estes ouriços são equinodermes, parentes das estrelas do mar, pepinos do mar, das estrelas do mar quebradiças e dos lírios do mar.

Pertencem ao grupo dos ouriços designados como irregulares (têm uma forma semelhante à do coração, sendo conhecidos em inglês por Heart urchins), porque a sua simetria pentaradial (dividida em cinco parte iguais) comum a todos os equinodermes não é evidente como acontece com os ouriços que encontramos nas poças de maré.

Como o nome comum indica, vivem enterrados na areia a cerca de 10 a 20 cm de profundidade, abrindo um pequeno furo para superfície da areia por onde fazem passar uns pequenos tubos essencialmente para manter um abastecimento contínuo de água fresca para os seus corpos e para a respiração.

Os seus espinhos são frágeis mas fortes, estão deitados ao longo do corpo e alinhados para a parte posterior do corpo, servem para evitar que a areia colapse em cima deles, ajudando a criar uma “câmara de ar” ao seu redor.

Alimentam-se da matéria orgânica (plantas e animais) no sedimento, sendo o alimento transportado até à boca pelos pés ambulacrários que têm espalhados pelo corpo.

A sua cor com espinhos é amarelada-acastanhada, podendo ocorrer variações.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.