Que espécie é esta: taínha

A leitora Beatriz Dias observou estes peixes a 27 de Novembro no rio Lima, em Viana do Castelo, e pediu ajuda para identificar a espécie. Filipe Ribeiro e Esmeralda Pereira respondem.

“Seria possível ajudarem-me a identificar este peixe? Vi-o no rio Lima em Viana do Castelo, mas costumo vê-lo em quase todos os rios. Será uma tainha?”, escreveu a leitora à Wilder.

Tratam-se de taínhas.

Espécie identificada por: Filipe Ribeiro (SIBIC-MARE – Projeto LIFE INVASAQUA) e por Esmeralda Pereira, da Universidade de Évora.

São, de facto taínhas. Mas nesta zona podem ser pelo menos quatro espécies diferentes.

Podem ser Chelon ramada, Chelon aurata, Chelon labrosus ou Mugil cephalus.

Pela imagem não é possível distinguir qual a espécie.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.


Já que está aqui…

Apoie o projecto de jornalismo de natureza da Wilder com o calendário para 2021 dedicado às aves selvagens dos nossos jardins.

Com a ajuda das ilustrações de Marco Nunes Correia, poderá identificar as aves mais comuns nos jardins portugueses. O calendário Wilder de 2021 tem assinalados os dias mais importantes para a natureza e biodiversidade, em Portugal e no mundo. É impresso na vila da Benedita, no centro do país, em papel reciclado.

Marco Nunes Correia é ilustrador científico, especializado no desenho de aves. Tem em mãos dois guias de aves selvagens e é professor de desenho e ilustração.

O calendário pode ser encomendado aqui.