Erva-das-Pampas (Cortaderia selloana). Foto: Forest & Kim Starr/Wiki Commons

1ª Semana Nacional sobre Espécies Invasoras: actividades em todo o país vão ensinar a lutar contra ameaças

A partir deste sábado, dia 10, e até 18 de Outubro, realizam-se uma centena de acções ligadas às espécies invasoras. A Wilder falou com a organização deste evento, que acontece em Portugal pela primeira vez.

As espécies exóticas invasoras são consideradas a quinta maior ameaça à biodiversidade a nível mundial. Em Portugal, a legislação lista mais de 300 destas espécies que chegaram a território nacional vindas de fora e que ameaçam espécies nativas. Ainda assim, muitas são pouco conhecidas e subvalorizadas.

“Temos noção de que o tema continua a ser desconhecido da maior parte dos cidadãos, pois não temos conseguido fazer chegar o problema ao grande público”, lamentam Hélia Marchante e Elizabete Marchante, investigadoras ligadas à organização da 1ª Semana Nacional sobre Espécies Invasoras e à plataforma Invasoras.pt, do Centro de Ecologia Nacional (Universidade de Coimbra) e da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Coimbra.

“As espécies invasoras são uma das principais ameaças à biodiversidade a nível global e os cidadãos facilmente contribuem para agravar o problema, ou, pelo contrário, e estando alerta, também podem ajudar a mitigá-lo. É por isso crucial aumentar a sensibilização sobre este tema”, sublinham.

Erva-das-pampas, uma das espécies invasoras mais comuns. Foto: Invasoras.pt

Assim, para “quebrar a barreira dos convertidos”, estão previstas mais de 100 actividades para a semana de 10 a 18 de Outubro, “propostas por mais de 60 entidades, associações, grupos informais e turmas, por todo o país, dentro e fora de água”, adiantam as duas cientistas. Confessam que viram as suas expectativas quanto à adesão superadas, “ainda mais tendo que contar com os ‘desafios do Covid-19′”.

As acções, que vão acontecer tanto no Continente como nas Ilhas, são muito variadas: “Desde acções de controlo, passeios e mergulhos para mapear/ aprender a reconhecer espécies invasoras, acções de sensibilização e acções de formação de curta duração para técnicos, autarcas, professores – muitas destas em formato online – campanhas de divulgação, exposições, entre outras.”

Lagostim-vermelho-do-Louisiana, originário dos EUA. Foto: Floma24/Wiki Commons

Em causa estão iniciativas que envolvem plantas invasoras aquáticas e terrestres mas também outras espécies, incluindo lagostins, aves, minhocas, algas, anfíbios, répteis, peixes e vespa-asiática, por exemplo.

A mimosa é uma árvore invasora nativa da Austrália. Foto: DavidFrancis34/Wiki Commons

Fique a conhecer 10 sugestões avançadas pela Wilder, algumas ao ar livre e outras para acompanhar dentro de casa, e espreite aqui as restantes:

  1. Controlo de invasoras em Coimbra com voluntários

Esta é a 23º actividade de controlo de plantas invasoras que decorre no Pólo II da Universidade de Coimbra, com a colaboração de vários grupos de voluntários. Têm-se controlado mimosas (por arranque e descasque), acácias-de-espigas (arranque e promoção de controlo natural), canas (arranque e corte) e erva-das-pampas.

Sábado, 10 de Outubro, das 14h às 18h30

2. Controlo do Chorão-das-praias nas Dunas do Porto Santo – Madeira

Nesta atividade pretende-se efetuar o controlo manual da Carpobrotus edulis numa duna do Porto Santo, na ilha da Madeira. A presença desta espécie invasora neste ecossistema tem colocado em risco a sobrevivência de espécies nativas e diminuído a biodiversidade local. Esta acção realiza-se no âmbito do projecto LIFE Dunas.

Terça-feira, 13 de Outubro, das 14h às 16h

3. Fallopia japonica – invasão galopante na Região Norte – Online

Sessão de divulgação e sensibilização acerca de uma planta (Fallopia japonica / Sanguinária-do-Japão / Japanese Knotweed) que causa grandes danos na Europa Central e cuja expansão na região Noroeste de Portugal tem vindo a decorrer rapidamente e quase sem que se dê conta.

Quinta-feira, 15 de Outubro, das 16h às 17h30

4. Hortênsias e muito mais: espécies exóticas e invasoras nos Açores – Online

Neste webinar vai-se falar sobre as espécies invasoras dos Açores e os impactos que têm na biodiversidade e economia regional, o que se tem feito, na região, para lidar com este problema, o que é que se faz ao nível da União Europeia e o que cada um de nós pode fazer para ajudar a controlar estas invasões em pleno século XXI.

Quinta-feira, 15 de Outubro, das 14h30 às 16h

5. Aves exóticas e invasoras em Portugal – Online

Venha saber mais sobre aves exóticas que ocorrem em Portugal, desde periquitos a gansos. Como aqui chegaram? Porque algumas são invasoras? Quais os impactos sobre a biodiversidade? E qual o nosso papel para ajudar a manter o equilíbrio nos ecossistemas?

Quinta-feira, 15 de Outubro, das 18h30 às 19h30

6. Venha ajudar-nos a contar periquitos em parques e jardins – Todo o país

A partir de 15 de Outubro, e durante um mês, os cidadãos são desafiados a visitarem um jardim próximo de sua casa, uma hora antes do pôr-do-sol, para procurarem e registarem a ocorrência do periquito-de-colar Psittacula krameri. Saiba mais aqui.

Início na quinta-feira, 15 de Outubro (com prolongamento até 15 de Novembro)

7. Em busca de uma minhoca marinha exótica – Ria de Aveiro, Gafanha da Encarnação

Monitorização e mapeamento de uma minhoca marinha (poliqueta, Arenicola sp.) exótica nas pradarias marinhas, que torna vulneráveis estes habitats, afectando a sua biodiversidade. Serão também demonstrados métodos de recuperação de ervas marinhas.

Sexta e sábado, 16 e 17 de Outubro, das 9h30 às 10h30

8. Acção de remoção de plantas invasoras no Jamor – Lisboa

A Liga para a Protecção da Natureza e o Pingo Doce, com o apoio do Centro Desportivo Nacional do Jamor, promovem uma ação de remoção de espécies exóticas no Parque Florestal do Jamor, mostrando a importância da preservação da floresta autóctone.

Sexta-feira, 16 de Outubro, das 9h30 às 12h

9. Recuperação do Parque Natural de Sintra-Cascais – Azóia

Acção com a comunidade de controlo de acacial em área previamente reflorestada, com o objetivo de recuperar um misto de habitats de carvalhal e sobreiral.

Domingo, 18 de Outubro, das 9h30 às 12h30

10. O papel dos cidadãos no problema das Espécies Invasoras: Desafios Invasoras.pt e muito mais – Online

Encerramento (simbólico) da 1ª Semana Nacional sobre Espécies Invasoras. Este webinar sobre o papel dos cidadãos no problema das espécies invasoras vai incluir sugestões concretas sobre o que cada cidadão pode fazer para ajudar a mitigar o problema destas espécies. Abordará também os Desafios Invasoras.pt, projecto de ciência-cidadã. E muito mais.

Domingo, 18 de Outubro, às 21h