Foto: Joana Bourgard

Cidadãos estão a contar as borboletas do Reino Unido

Naturalistas locais

A quinta edição do maior censo mundial de borboletas está a decorrer de 17 de Julho a 9 de Agosto no Reino Unido. No ano passado, este projecto de ciência cidadã organizado pela Butterfly Conservation  teve a participação de 45.000 pessoas que contaram cerca de 560.000 borboletas.

 

O censo, “Big Butterfly Count”, encoraja os cidadãos a identificar e registar as 18 espécies de borboletas diurnas e as duas borboletas-nocturnas mais comuns. Para isso, aquilo que é pedido às pessoas é que simplesmente aproveitem um dia de Sol e se sentem por 15 minutos no campo, no seu jardim ou na escola. Depois é só anotar as borboletas que conseguiram observar e enviar as informações através do site do censo ou através de uma aplicação para telemóveis. Para quem tiver dúvidas, a Butterfly Conservation fornece guias de identificação com as 20 espécies mais comuns.

O Verão é a altura escolhida para fazer o censo porque é quando a maioria das borboletas estão na fase adulta do seu ciclo de vida. Ou seja, são mais fáceis de ver.

O objectivo é ajudar a avaliar a saúde da natureza no Reino Unido. “As borboletas reagem muito rapidamente às alterações no seu ambiente e isto faz delas excelentes indicadores da biodiversidade”, explica a Butterfly Conservation. O censo deverá ajudar também a saber o que está a acontecer às populações de várias espécies para as proteger da extinção.

Além de contar borboletas, Sir David Attenborough, o presidente da Butterfly Conservation, apelou às pessoas para plantarem flores ricas em néctar nos seus jardins ou floreiras nas varandas e assim ajudarem as borboletas e outros insectos polinizadores.

“As borboletas do Reino Unido precisam mesmo da nossa ajuda neste Verão”, disse Attenborough. “Três quartos das espécies estão em declínio e um terço está em perigo de extinção”, sendo a perda de habitat um dos grandes responsáveis pela situação.

“Cabe a cada um de nós garantir que o espectáculo das borboletas de Verão continue a ser um ponto alto da estação muito aguardado e não uma memória distante”, acrescentou.

No censo do ano passado, a borboleta mais abundante foi a borboleta-pavão (Aglais io).

O “Big Butterfly Count” inclui ainda um concurso de fotografia de borboletas e dezenas de eventos, desde actividades para ajudar os cidadãos a melhorarem as suas capacidades de identificação destes insectos, a oportunidades para ajudar em tarefas de conservação ou para ver uma espécie rara.