Isidro, defensor das florestas, abatido a tiro no México

Naturalistas locais

O activista ambiental mexicano Isidro Baldenegro, reconhecido pela sua luta contra o abate ilegal das florestas na Sierra Madre, foi baleado mortalmente, informaram as autoridades nesta quarta-feira. Isto acontece cerca de um ano depois do assassinato de outra activista ambiental, Berta Cáceres, nas Honduras.

Estes são os 15 censos de Natureza que estão à sua espera

Para fazer

Esta é uma lista com os 15 melhores projectos que precisam dos cidadãos para inventariar as espécies de Portugal. Ajude a mapear e a conhecer melhor a Natureza que temos, desde os esquilos, corujas, águias-imperiais-ibéricas, musgos, medusas ou milhafres até aos charcos, plantas exóticas invasoras e estrelas-do-mar. Falámos com os responsáveis pelos projectos e eles estão ansiosos à sua espera.

English? Here you can find a fine selection from our magazine.

Andaluzia confirma segunda postura de quebra-ossos em liberdade

Conservação

Os técnicos da Junta da Andaluzia descobriram a segunda postura do casal de quebra-ossos Tono, macho de 2006, e Blimunda, fêmea de 2010, a viver em liberdade nas serras de Cazorla Segura e Las Villas. Já no centro de reprodução da espécie existem nesta temporada 14 ovos, foi agora revelado.

Primatas vivem vaga de extinções, alerta novo relatório

Natureza

Cerca de 300 espécies de gorilas, chimpanzés, macacos, lémures e lóris, ou seja, 60% das espécies de primatas do mundo, poderão desaparecer se nada for feito para os proteger, alertam os investigadores num relatório publicado agora na revista Science Advances.

Série Cuidadores de florestas

O sisão é a ave do ano em Espanha

Conservação

O sisão (Tetrax tetrax) foi declarado a Ave do Ano 2017 em Espanha, pela Sociedade Espanhola de Ornitologia, anunciou a organização, que faz parte da federação Birdlife International.   “Com isto, esta sociedade científica e conservacionista inicia um ano de acções destinadas a melhorar o estado de conservação desta espécie, típica de ambientes agrícolas”, adianta

“Em poucas décadas, vamos ter veados selvagens na Serra da Estrela”

Investigação

Mais de 3.000 veados vivem em liberdade espalhados pela região da Serra da Lousã, fruto do sucesso na reintrodução destes animais, extintos naquela zona do país desde meados do século XIX. “Há um movimento claro de expansão desta população”, disse à Wilder o biólogo Carlos Fonseca, que desde o início está por trás deste programa de reintrodução, e acredita que estes veados em estado selvagem vão chegar à Serra da Estrela.

Crónicas

Pelo olival tradicional

Dias com vida selvagem

Nas extensas manchas de olival, as árvores maiores são o único refúgio, abrigo e local de reprodução para muitas espécies de aves, especialmente importantes para rapinas nocturnas, tanto mochos como corujas, bem como para diversos mamíferos de pequeno e médio porte, entre os quais se destaca a gineta (Ginetta ginetta).