A história de uma fotografia vencedora e da rã acrobata

Naturalistas locais

Afonso Petronilho tem 13 anos e gosta de calçar as botas de borracha e andar no meio de riachos à procura de insectos ou anfíbios. Este mês o entusiasmo deste naturalista de Mira, que terminou agora o 8º ano de escolaridade, foi reconhecida, ao vencer o Concurso Nacional de Fotografia “Parques e Vida Selvagem”, na categoria Jovem Fotógrafo. Conheça a história por detrás desta rela acrobata.

English? Here you can find a fine selection from our magazine.

Os predadores mais emblemáticos do país estão a chegar pelo correio

Natureza

A raposa, o lobo-ibérico, o texugo, o gato-bravo, a gineta e a lontra são dos predadores mais emblemáticos da fauna de Portugal e a partir deste mês podem ser avistados em qualquer caixa do correio. Os CTT escolheram seis ilustradores portugueses para esta série de selos que são obras de arte naturalistas.

Série Como nasce um lince-ibérico

Rewilding Portugal

Dias com vida selvagem

Estado, proprietários de grandes espaços, gestores de baldios, universidades e centros de investigação associados, organizações-não-governamentais, grandes empresários, sensíveis à responsabilidade social ambiental, deverão ser os promotores deste movimento de rewilding no nosso país.

Este jovem tritão-marmoreado não escapou ao Bioblitz

Naturalistas locais

O Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão, foi passado a pente fino por 15 pessoas que se juntaram no Bioblitz de 12 de Junho para descobrirem borboletas, rãs, escaravelhos, coelhos, águias e flores. Este tritão-marmoreado juvenil não escapou aos naturalistas que também descobriram rastos de toupeiras.

Biólogos libertam 12 tartarugas marinhas numa praia da Andaluzia

Conservação

Doze tartarugas-bobas (Caretta caretta) foram libertadas na sexta-feira passada na Praia de las Palmeras, em Almería (Andaluzia) por investigadores do Conselho Superior de Investigações Científicas espanhol (CSIC). Quatro dos animais levaram localizadores que permitirão aos investigadores saber mais sobre esta espécie marinha classificada como Vulnerável.

Crónicas

Rewilding Portugal

Dias com vida selvagem

Estado, proprietários de grandes espaços, gestores de baldios, universidades e centros de investigação associados, organizações-não-governamentais, grandes empresários, sensíveis à responsabilidade social ambiental, deverão ser os promotores deste movimento de rewilding no nosso país.